• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ovo desempenha papel fundamental na dieta de lactantes

  • COMPARTILHE
Saúde

Ovo desempenha papel fundamental na dieta de lactantes

Alimento auxilia a suprir demanda adicional de nutrientes nesta fase

Foto: Divulgação
Alimento também contribui para suprir o aumento do gasto energético da lactante. 

Após a gestação, quando a mulher também tem suas necessidades nutricionais aumentadas para garantir a sua saúde e a do feto em desenvolvimento, chega a etapa da amamentação. E o ovo é o segundo alimento mais completo, atrás apenas do próprio leite materno e tem um papel importante para suprir as exigências nutricionais da mulher. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o aleitamento materno exclusivo até pelo menos o sexto mês de vida do bebê, quando se inicia a introdução de outros alimentos. Para a lactante, proteínas, carboidratos, ácidos graxos e minerais como magnésio, cromo, cobre, selênio e ferro, além das vitaminas A, E, C e as do complexo B devem ser contempladas através de uma alimentação equilibrada.

Neste período, a necessidade de colina, por exemplo, encontra-se elevada, cerca de 550mg/dia e é justificada pela importância deste nutriente para a sinalização de impulsos nervosos e formação da memória, que teve início no período gestacional. Além disso, a colina é fundamental para a composição e a manutenção de células.

O ovo é um alimento rico em colina e proporciona cerca de 50% das necessidades diárias da mãe (250mg/ 100g). Quem faz o lembrete é a nutricionista Lúcia Endriukaite, do Instituto Ovos Brasil, que tem o objetivo de esclarecer a população sobre as propriedades nutricionais do ovo e os benefícios que este alimento proporciona à saúde.

Este alimento também contribui para suprir o aumento do gasto energético da lactante, relativo à produção de leite, em torno de 500 Kcal. Importante fonte de proteína, o ovo possui também vitamina D e apresenta em sua composição os nutrientes luteína e zeaxantina, que além de atuar na mácula protegendo os olhos da luz, têm ação antioxidante e protetora.