Ganho de peso nas celebrações de fim de ano? Especialistas dão dicas para manter a saúde!

Saúde

Ganho de peso nas celebrações de fim de ano? Especialistas dão dicas para manter a saúde!

Para quem tem doenças crônicas, o aumento de peso pode ser um fator de risco

Foto: Divulgação

Quem não gosta de aproveitar os quitutes das comemorações de fim de ano, não é verdade!? Estudos apontam que parte da população ganha alguns quilos neste período do ano. Algumas pessoas não se preocupam muito, porém para quem tem doenças crônicas como diabetes, aterosclerose e hipertensão, o ponteiro da balança alterado pode virar um sinal de alerta para saúde.

O endocrinologista Roberto Zagury, coordenador do Departamento de Diabetes, Exercício e Esporte da Sociedade Brasileira de Diabetes, alerta para a importância de não exagerar na comilança, principalmente em época de pandemia, em que essas pessoas fazem parte do grupo de risco.

“Com a chegada das festas é muito comum a perda de adesão ao tratamento do diabetes, tanto o não medicamentoso, isto é, dieta e exercício, quanto a terapia farmacológica. Sabemos da importância das confraternizações na vida das pessoas e, justamente por isso, o ideal é o equilíbrio. Diversos estudos mostram um ganho de peso durante o feriado de Natal e Réveillon. Parece pouco, mas isso poderia descompensar metabolicamente os pacientes”, explica. 

Para que não haja desequilíbrio metabólico, o médico dá algumas dicas que podem ajudar. Fazer exercício em pelo menos metade dos dias sem trabalho, é uma delas. "Se a pessoa tirar 14 dias de férias, é importante que se exercite em pelo menos sete”, indica. 

A nutricionista Tarcila Beatriz Ferraz de Campos, recomenda que na ceia, as pessoas deem preferência para carnes mais saudáveis. “Carnes magras, assadas ou cozidas, são as melhores opções. Peru, frango orgânico e peixes podem ser bons exemplos. No peru, o mais recomendado é o peito, por ser a parte mais magra, e sempre retirando a pele para assar”, orienta.