• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação

Saúde

Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação

Índice de acidentes aumentam durante época de férias, festas e feriados prolongados

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação
Dirigir cansado e com sono é tão perigoso quanto dirigir embrigado. 

Os brasileiros passam, em média, quase 5 anos no carro ao longo da vida, segundo pesquisa do CSA Research de 2017. Isso reduz, e muito, a qualidade de vida de motoristas e passageiros que precisam encarar o trânsito pesado a semana inteira, no carro ou transporte público.

Além do dia a dia, o período de férias, festas e feriados torna as rodovias ainda mais perigosas, visto que os acidentes de trânsito aumentam durante a época. E a prova é que álcool e voltante não combina, são os dados que mostram que dirigir embrigado reduz em até 25% o tempo de reação. 

Por isso é importante respeitar as regras e ter cuidados, para preservar o bem mais precioso, a vida. 

Atenção aos cuidados 

- Todos os ocupantes do veículo, adultos e crianças, devem usar o cinto de segurança, inclusive no banco traseiro;

- Nos carros, crianças de até 7 anos e meio devem usar os equipamentos de proteção adequados à idade (bebê conforto, cadeirinhas ou assento de elevação);

- Pedestre deve sempre ser respeitado. Lembre-se: você também é pedestre;

- Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação, aumentando o risco de acidentes. Se beber, vá de ônibus, táxi ou carona;

- Dirigir cansado ou com sono é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Pare ou descanse antes de pegar a estrada;

- Não use o celular enquanto dirige. A distração é um dos principais fatores de risco para quem está ao volante;

- Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em lugares de grande concentração de pedestres;

- Respeite as vagas reservadas para idosos e deficientes. A gentileza melhora a convivência no trânsito;

- Motociclista, use sempre os equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaqueta; 

- Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de trânsito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5 metro ao ultrapassar ciclistas.