• Geral

O susto do vice

Inveterado praticante de esportes, o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, passou um susto há dias e deixou os seguranças do Palácio do Jaburu apavorados. Fã de remo, ele conseguiu um barco para praticar braçadas no laguinho dos jardins do Palácio, mas um dia se desequilibrou, o barco virou e ele quase se afogou. No remo, é regra o praticante prender os pés em velcro no finca-pé, no ... leia mais
  • Geral

Vai para o Tesouro

O plenário do Supremo Tribunal Federal tende a entregar para o Tesouro os R$ 2,5 bilhões da conta que a força-tarefa do Ministério Público da operação Lava Jato quer abrir na Caixa – conforme citamos. Em decisão liminar (ADPF 568 e na RCL 33667), o relator ministro Alexandre de Morais atendeu ao pedido da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, para anular o trato. O dinheiro é parte do valor ... leia mais
  • Geral

Caixa vai lucrar com conta do MP

Se vingar o projeto da força-tarefa do Ministério Público na Lava Jato de abocanhar os R$ 2,5 bilhões do acordo de leniência da Petrobras com acionistas americanos, a Caixa – onde a conta pode ser aberta, em juízo – vai lucrar R$ 150 mil por ano apenas com taxas de administração. São inacreditáveis R$ 12.500 por mês de desconto do saldo, conforme carta da DIJUR – Diretoria Jurídica do banco à qual a ... leia mais
  • Geral

FBI vem aí

Arthur Cesar de Menezes, o “Rei Arthur”, que teve contratos bilionários com os últimos governos do Rio de Janeiro, e segue foragido da Justiça desde 2017, tem aparecido tranquilo por restaurantes de Miami Beach, onde reside, contam fontes da Coluna. O que se diz em terra yankee é que o FBI – como citamos – já teria pego Arthur antes da Polícia Federal. Pode vir aí uma grande ... leia mais
  • Geral

Posse de armas

Após a tragédia na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, senadores que integram a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) intensificaram as críticas ao Decreto 9.685/2019, editado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que facilita o acesso a armas de fogo. Humberto Costa (PT-PE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Rogério Carvalho (PT-SE) defendem urgência na ... leia mais
  • Geral

Carta branca 

Em meio à articulação para consolidar a base aliada e tentar agilizar a tramitação da Reforma da Previdência, o Palácio do Planalto remeteu ao Congresso Nacional um Projeto de Lei para flexibilizar o Orçamento e dar ao ministro da Economia, Paulo Guedes, carta branca para remanejar e transferir recursos públicos. O texto do projeto foi finalizado em fevereiro, chegou ao Congresso na segunda-feira, 11, ... leia mais
  • Geral

MP gosta de cofre cheio

Essa tunga elegante que o Ministério Público da força-tarefa da Lava Jato criou para ganhar a conta de R$ 2,5 bilhões do rescaldo do acordo da Petrobras com acionistas americanos tem precedente. No fim dos anos 90, o MP do Paraná – sede da Lava Jato – moveu poderes para criar fundo especial amparado por lei e abocanha, desde então, os valores excedentes do duodécimo garantido pela Constituição. O ... leia mais
  • Geral

Demarcações de terras indígenas pode voltar para o Ministério da Justiça

Direitos indígenas Além de ser apontada como inconstitucional pela Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público, a Medida Provisória 870/19, a primeira assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), deverá passar por mudanças durante a discussão no Congresso Nacional. Na última quinta-feira, o Ministério Público divulgou nota técnica em que defende o retorno das ... leia mais
  • Geral

Fritura no laranjal

Quem circula pelo Palácio do Planalto conta os dias para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, ser pressionado a pedir demissão. O sumo suspeito do laranjal que cresce no pomar eleitoral de 2018 respinga e está manchando a camisa do presidente Jair Bolsonaro a cada dia mais. O indicativo da saída será eventual convocação do ministro para se explicar em comissão do Congresso Nacional, caso a base, ... leia mais
  • Geral

Pressão & Cessão

Pressionado por deputados e senadores, os ministros do Palácio do Planalto deverão confirmar nos próximos dias o aval para a primeira revisão no texto da reforma da Previdência em tramitação na Câmara Federal. Será no ponto que trata do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago para pessoas com deficiência, sem limite de idade, e idosos, a partir de 65 anos, no valor de um salário mínimo – ... leia mais