• Geral

Governo – mãe e carrasco

O Governo Federal é uma mãe para grandes multinacionais e carrasco para o povo. Líder do MDB no Senado e interlocutora do Palácio do Planalto, Simone Tebet (MS) articula com colegas senadores e ministros a criação – “o quanto antes” – do comitê gestor para acompanhar a efetividade da concessão de benefícios fiscais. Apenas as isenções para petroleiras estrangeiras, concedidas em 2017 pela Lei ... leia mais
  • Geral

Escola & partido  

O PCdoB de Flávio Dino, governador do Maranhão que tentará a reeleição, começou a criar grêmios estudantis às vésperas da campanha eleitoral, usando a estrutura da Secretaria de Educação. Para o Governo, apenas uma forma tradicional no País de dar voz à garotada. Para a oposição, conota formação de comitês políticos disfarçados nas escolas públicas. A turma que tem aparecido nas reuniões é alinhada à ... leia mais
  • Geral

Fundo em risco

A despeito da divulgação pelo Tribunal Superior Eleitoral do valor de R$ 1,71 bilhão a serem distribuídos para 35 partidos financiarem campanhas este ano, as legendas encontram duas dificuldades para receber o dinheiro. Nenhuma Executiva decidiu ainda os critérios de financiamento dos candidatos, como determina a regra condicional do TSE para depósito do dinheiro. Outro problema é que a maioria das ... leia mais
  • Geral

Sem demagogia

A menos de dois meses do início das campanhas eleitorais, o Tribunal Superior Eleitoral – que atua forte para evitar estrago de fake news contra candidaturas – movimenta-se também para barrar a balela eleitoral. A demagogia de candidatos foi tema de reunião do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) com o presidente do TSE, ministro Luiz Fux. Leite solicitou que o Tribunal dê visibilidade a um dispositivo na ... leia mais
  • Geral

Debandada

Enquanto o presidente Michel Temer segura o partido contra coligações que possam prejudicar seu projeto de poder, a bancada federal do MDB na Câmara entregou carta à cúpula da legenda, à qual a Coluna teve acesso, exigondo candidatura própria ao Governo de Minas Gerais. Os deputados impuseram a condição de que a Executiva apresente, até 15 de julho, os nomes dos pré-candidatos dos partidos da ... leia mais
  • Geral

Tapa de luva

A decisão do Supremo Tribunal Federal de autorizar a Polícia Federal a fechar acordo de delação premiada – não só na Operação Lava Jato – é um tapa de luva no Ministério Público, que ficou incomodado. A PF já perdeu a delação de um figurão preso na Lava Jato há poucos anos, após ele citar várias revelações, porque os procuradores do MP não avalizaram a mesma. Os delegados comemoram o avanço ... leia mais
  • Geral

Fogo no posto

O Ministério Público Federal cerca a Agência Nacional de Petróleo (ANP) num caso mal resolvido com a Raízen Combustíveis (Shell). Em 2014, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) condenou de forma definitiva a empresa por abuso de poder econômico. Seguindo a lei, o CADE e a ANP deveriam revogar a autorização de funcionamento da Shell. Até hoje, nada. Intrigado, o procurador do MP Claudio ... leia mais
  • Geral

Temer & Lula

O presidente Michel Temer, com o camburão na porta, e o ex-presidente Lula da Silva, detento condenado, seguem estratégias similares no comando dos dois maiores partidos às vésperas da campanha eleitoral: blindam a cúpula de alianças regionais que possam inviabilizar seus projetos de poder. Temer mantém Henrique Meirelles (MDB) pré-candidato para que os diretórios não debandem em coligações ... leia mais
  • Geral

Tiro no pé

Se os advogados e seus clientes enrolados com a Justiça comemoram a derrubada da condução coercitiva pelo STF, por considerarem um linchamento público-moral, foi um tiro no pé. Nas próximas operações, é consenso nos bastidores que a Polícia Federal deve pedir mandados de prisão temporária – o que muitos delegados evitavam justamente para preservar a imagem dos investigados. Vai e não vai O acordão ... leia mais
  • Geral

Lava Jato derruba construção

O setor de construção civil praticamente estagnou desde o início da série de operações da Lava Jato em março de 2014. São 14 trimestres de desempenho negativo, de acordo com levantamento do Instituto Fiscal Independente (IFI), vinculado ao Senado Federal. Além dos efeitos das investigações sobre grandes construtoras, outros fatores contribuíram para o fraco desempenho do setor nos últimos meses: ... leia mais