Corredores prestam homenagem à Ponte da Madalena, cenário de treinos e provas

A Ponte da Madalena, cartão postal da Barra do Jucu, em Vila Velha, que desabou no último domingo (03), também servia como passagem para corredores durante treinos e provas de corrida. Nas redes sociais, muitos atletas lamentaram a queda da estrutura e, por isso, o Blog Corrida de Rua exibe uma galeria de fotos especial em homenagem à ela, palco e cenário de muitos desafios!

(Fotos de: Bianca Passos, GLara, Helô Antunes, Vanessa Mageski Broetto, Mara Rubia, Claudia Rossoni, Claudio de Oliveira, Fabiano Corrêa Barbosa, Christian Rosa, Regina, Madalena, Cássio Dias, Rita, Daianny e Andrea Lamego)

O educador físico e organizador de provas de corrida, Christian Rosa, pioneiro na realização de eventos na região da Barra do Jucu, lamentou o ocorrido e disse que a interdição do caminho deve alterar o percurso de uma prova prevista para 2018. “Utilizamos a Ponte da Madalena na prova Ouriço Caixeiro e recentemente na Coruja Buraqueira, pois ela serve de transição entre o Morro da Concha, um dos lugares mais belos do Espírito Santo e a Reserva de Jacarenema, além da praia e a foz do Rio Jucu. Com o desabamento da Ponte, fica inviável fazer a transição novamente. Por isso, agora estamos reformulando uma opção para unir esse percurso novamente”, lamentou Christian Rosa.  

A queda da Ponte da Madalena aconteceu, por volta das 7h30 de domingo, em decorrência das chuvas que atingem o Espírito Santo há alguns dias. O volume de água acumulado das chuvas que passou pelo Rio Jucu fez a ponte ceder. Não houve registro de feridos.

História – A Ponte da Madalena foi construída em 1896 e tem o nome em homenagem às Banda de Congo da Barra do Jucu, que ficou famosa pela música “Madalena do Jucu”, do cantor e compositor Martinho da Vila.

Ela passou por um processo de restauração em 2015 e se tornou o portão de entrada da Reservada Ecológica de Jacarenema, que guarda uma rica diversidade de vegetação nativa do Espírito Santo.

Governo anuncia recuperação – O Governo do Estado do Espírito Santo anunciou que fará a recuperação da Ponte da Madalena. O comunicado foi feito pelo secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, que visitou o local a pedido do governador Paulo Hartung.

“A Prefeitura de Vila Velha já interditou a ponte e, em nome do Governo do Estado, fui ao local para assumir o compromisso de recuperação da Ponte. Seja por contratação direta ou por convênio com a Prefeitura de Vila Velha, o governador Paulo Hartung está assumindo o compromisso de recuperar a ponte que faz parte do patrimônio ambiental e cultural de Vila Velha”, disse o secretário.

Daniela Künsch

(1461Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.