Corredores de Aço! De olho na premiação, empregados ArcelorMittal treinam forte para encarar os 10km do Circuito do Aço

Eles são os “corredores de aço”! Assim é denominado o grupo de corrida formado por 265 atletas empregados e aposentados da ArcelorMittal Tubarão. Com a dureza e resistência similares à do aço produzido pela empresa, eles encaram desafios de corrida dentro e fora do Espírito Santo.

E no próximo dia 17 de junho, 140 representantes do grupo serão os “anfitriões” do Circuito do Aço, com percurso de 10km com largada na portaria industrial da ArcelorMittal Tubarão e chegada na portaria da Aest, em Manguinhos.

O coordenador do grupo, Selson Faria, explica que a tradicional prova realizada pela empresa tem a participação maciça dos integrantes do grupo. “Estaremos presentes com 140 corredores. Queríamos, claro, poder contar com a presença de todos, mas a operação da empresa não pode parar durante a corrida. Portanto, os que estão de escala, infelizmente, não podem participar”, diz.

Kelly ficou em 1º lugar na prova em 2017

Presença garantida no Circuito do Aço, Kelly de Paula Serrano, campeã feminina em 2017 na categoria Empregado Arcelor Mittal, com o tempo de 44min54seg, está treinando e segue na expectativa da terceira vitória seguida. “Fiquei em 1º em 2016, 2017 e agora em 2018 vou buscar o tri! Para isso, estou treinando, fazendo fortalecimento e acompanhamento com fisioterapia. A minha expectativa é reduzir o meu tempo e, quem sabe, chegar aos 42 minutos”, revela a corredora.

A corredora analisa o diferencial do percurso do Circuito do Aço. “Estamos acostumados com provas em Vila Velha e em Vitória, mas correr na Serra é desafiador. E o Circuito do Aço reserva uma subida na reta final da prova, próximo da chegada, que é o ponto principal para sabermos se estamos fortes e capazes de vencer”.

O corredor e empregado da ArcelorMittal Guilherme Araújo Silva, 43 anos, 2º lugar masculino em 2017, concluiu o percurso de 10km de prova em 39min39seg. Depois de conquistar dois pódios em segundo lugar, o atleta vai em buscar da vitória! “Estou confiante. Recentemente fiquei em 1º lugar na categoria faixa etária da Corrida da Marinha, em Vila Velha. Vou em busca do 1º no Circuito do Aço. Meu objetivo é baixar em pelo menos dois minutos o meu tempo de prova”, conta Guilherme.

Guilherme, à direita, com troféu e cheque na mão, quer a vitória

1.4 mil corredores participam do Circuito do Aço

Ao todo, o Circuito do Aço ArcelorMittal Tubarão contará com a participação de 1.4 mil corredores na manhã do dia 17 de junho. As inscrições já estão encerradas e os participantes precisam ficar atentos para a entrega dos kits, que acontece na véspera do evento, no dia 16, das 9 às 16 horas, no Centro de Educação Ambiental da ArcelorMittal Tubarão.

Nesse dia, os inscritos terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a empresa, terão acesso a uma mostra ambiental itinerante e as costureiras dos projetos sociais estarão no local para a customização das camisetas dos atletas. Tudo sem custos para os participantes.

Além de promover a saúde e a prática esportiva, o Circuito tem foco social: os atletas trocaram suas inscrições por doações (um kit composto por dois pacotes de 400g de leite em pó e um pacote de fralda geriátrica), que serão destinadas para casas lares e asilos do município de Serra.

Premiação – Os três primeiros colocados (masculinos e femininos) da categoria Corredores receberão troféus, por faixas etárias. Haverá também premiação especial para os três primeiros colocados na categoria Geral Masculina e Feminina, na categoria ArcelorMittal Tubarão (somente para empregados) e Paraolímpica. A premiação especial em cada categoria será de R$1.000,00 para o 1º colocado, R$ 700,00 para o 2º colocado e R$ 500,00 para o 3º colocado. Os demais, ao concluírem o percurso na chegada da Aest, receberão medalha de participação.

Daniela Künsch

(1533Publicações)

Daniela Künsch é jornalista desde 2002, editora chefe do jornal Folha Vitória e corredora amadora. Depois de chegar aos 133 quilos, perdeu 65, e encontrou na corrida força e inspiração para não voltar à obesidade.