TV Vitória e Record TV apresentam novas marcas

TV Vitória e Record TV apresentam novas marcas  – Para marcar o momento de grandes conquistas em que vive, a TV Vitória, junto com a Record TV, se reinventou e apresentou uma nova identidade visual. Com tons de azul, a nova logomarca ganha um modelo mais “clean”, ou seja, um desenho ainda mais limpo. De acordo com os especialistas, a marca está mais jovem e cumpre o objetivo de mostrar essa evolução que a emissora vem sofrendo ao longo dos anos.  Para marcar um reposicionamento da marca, a Record TV, na quinta-feira passada, dia 24 de novembro, durante a exibição do Jornal da Record, apresentou ao público sua nova identidade visual. 

nova logo da record tv

A marca reinventada da Record TV   – O telejornal exibiu uma reportagem sobre a mudança da marca e do slogan da emissora, que agora passa a ser “Reinventar é a nossa marca”. O nome da emissora também foi alterado para Record TV.  A logomarca adota a cor prateada, rompendo a tradição de uso do azul, verde e vermelho, combinação padrão nas transmissões de monitores, utilizada em vários logos da emissora desde a adoção TV a cores no Brasil, no início dos anos 1970. A  mudança ocorre para consolidar a imagem da Record TV como uma emissora de vanguarda e multiplataforma, atrelada à televisão do futuro.  A nova marca traduz para o público um retrato do que é a Record TV atualmente.

A Record agora é Record TV  – A logomarca atual não apresenta mais a imagem da América do Sul, como forma de reafirmar que há muito sua atuação está além das fronteiras do Brasil e  hoje chega com seu sinal a mais de 150 países. Além disso, produtos como novelas e minisséries são exportados para países de todos os continentes.  Uma ampla campanha publicitária irá apresentar ao público o reposicionamento da Record com anúncios nos principais veículos do País.  Como parte da apresentação desta mudança, a Record TV convidou artistas do seu casting para gravar mensagens, que já estão no ar, sobre o novo slogan. Ana Hickmann, Gugu, Xuxa, Sabrina Sato e Sergio Marone são alguns artista que falaram sobre como a Record os impulsionou a se reinventar na carreira.

novalogoda record - tvvitória

A nova marca da TV Vitória se traduz na evolução das conquistas  – Há 32 anos no ar, a TV Vitória sempre atuou em acordo com as exigências do mundo moderno e a escolha pela nova marca reforça essa característica. “Ao longo da nossa história, a TV Vitória e seus profissionais vêm se reinventando, pois o mundo moderno exige que você esteja em sintonia e mudando sempre para melhor. Fizemos assim nas transmissões, nas diversas plataformas que temos: na internet, nos aparelhos mobile, com o aplicativo temos o sinal em todo o Espírito Santo. Tudo o que nós produzimos regionalmente também está disponível para o mundo inteiro”, destacou o diretor Geral da Rede Vitória, Fernando Machado“A TV Vitória, que é a Record no Espírito Santo, não poderia deixar de estar antenada nesse momento da televisão brasileira. Ela, mais uma vez, está se reinventando junto com a Record, que tanto tem feito nos últimos tempos. Se reinventou no jornalismo, na teledramaturgia, e nós também trabalhamos sempre a programação regional e nos reinventamos com o conjunto dos profissionais competentes do Estado. E por acompanhar este momento é que fomos reconhecidos no Estado e no país, através das premiações, como a melhor TV regional do Brasil”, concluiu. 

americo-buaiz-filho

A nova marca da TV Vitória se traduz na evolução das conquistas  – Segundo o presidente do Grupo Buaiz, Americo Buaiz Filho, uma marca sempre traduz o conjunto de valores e de conquistas das empresas. E com essa nova marca que chega não é diferente. “No nosso caso, essas marcas que estão sendo apresentadas agora traduzem uma evolução, preservando as conquistas que nós fizemos, mas indicando algo de agora para o futuro”, apontou.   O presidente lembra ainda que as novas logomarcas são apresentadas logo após a conquista de importante prêmio nacional. “Eu diria que elas agora representam e traduzem as redes de comunicação que mais cresceram no Brasil e no Espírito Santo. A Record TV e a Rede Vitória. Foi um crescimento muito acima da média, a nossa representatividade mudou completamente para muito maior e me parece que é de uma coincidência divina a gente estar mudando essa marca justamente no momento em que somos reconhecidos pela quarta vez como a melhor TV Regional do Brasil. Ter a emissora nessa posição é um motivo de muito orgulho”.

ABA Summit - Sandra Martinelli e Juliana Nunes

ABA Summit abordou o crescimento do vídeo, mobile e tendências no digital com painel internacional  – A presidente da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) e VP de Assuntos Corporativos, Sustentabilidade, RH e Compliance da Brasil Kirin, Juliana Nunes, fez a abertura do evento, junto com Sandra Martinelli, presidente executiva da associação. A programação do encontro inclui uma série de palestras para debater tendências e o novo perfil do consumidor. 

ABA Summit - Jan Riemens, CEO & fundador da Zoomin (2)

ABA Summit abordou o crescimento do vídeo, mobile e tendências no digital com painel internacional  – A terça-feira passada, dia 22 de novembro, foi muito produtiva para o público presente no ABA Summit, evento promovido pela ABA – Associação Brasileira dos Anunciantes, no Hotel Intercontinental, em São Paulo. O primeiro debate foi marcado pelo tom disruptivo. O CEO e fundador  da Zoomin.TV, Jan Riemens, fez uma análise do cenário em que a equação entre meios, marcas e pessoas passará por grandes transformações no curto prazo.  “A geração social não aceita mais empresas que não comunicam valores”. Na primeira palestra do ABA Summit 2016, ele resumiu a intenção do encontro, que este ano debate o tema “Novos Públicos, Novas Abordagens”. O executivo alerta que o desafio para as marcas está em comunicar para a geração Z, que não quer mais ser interrompida por anúncios. Essa realidade, no entanto, não significa que esse público ignore a importância da publicidade.

ABA Summit -  (21)

ABA Summit discutiu novas abordagens de consumo – A mistura em ebulição que compõe o momento atual tem a Geração Z, como grande vetor das mudanças, bem como a extrema multiplicidade de plataformas dos meios e as marcas, que precisam se conectar com seus públicos e interagir por meio da comunicação. Para desvendar as formas de alcançar esse público por meio de novas abordagens, Jan contou com a participação dos debatedores Eduardo Tibiriçá, CEO e fundador do Grupo Bossa Nova, e Roberto Grosman, co-presidente da F.Biz.

ABA Summit -  (32)

Atender a geração Z – Segundo Riemens, o ponto mais importante dessa equação são as pessoas. “No caso da Geração Z, há um público com atitude diferente em relação à vida. Trata-se de pessoas que têm coragem e ousam, mas apresentam fortes laços emocionais, pois gostam de cuidar e apreciam a proximidade proporcionada pelos relacionamentos. Por isso essas pessoas gostam de compartilhar. Elas também reconhecem o valor do dinheiro e, principalmente dos recursos, evitando quaisquer formas de desperdícios. Não à toa estão em evidências tecnologias que caminham nessa direção, como o uso de energias renováveis e novas formas de mobilidade”, disse ele.

ABA Summit -  Daniela Bogoricin, Brand Strategist do Twitter

As conversas sobre mulheres  – No segundo painel “As conversas sobre mulheres, gênero e ageism foi puro modismo?” levou ao palco sete profissionais que vivenciam diariamente os vários lados da relação das marcas com os mais diversos públicos. Daniela Bogoricin,( foto) brand strategist do Twitter, ressaltou na palestra “Update: tensões sociais e marcas” que normalmente os gestores das empresas entendem que existe uma diversidade no mundo atual, mas isso não significa que a questão seja prioridade no seu cotidiano. Mas, se ele apenas olhasse para o faturamento da empresa, entenderia esta como uma preocupação relevante. “O retorno financeiro é 36% superior quando a empresa lança um olhar mais diverso em sua comunicação”, afirma.

ABA Summit - Sonia Bueno, presidente da Kantar Brasil

O impacto das marcas e os millennials – Na sequência, Sonia Bueno,(foto) presidente da Kantar Brasil, palestrou sobre “O consumidor líquido, o impacto nas marcas e os Millennials”. Ela elencou quatro oportunidades de ouro às empresas nesse novo cenário: inovar em produtos, canais e em modelos de negócios; criar conteúdo às diferentes mídia e plataformas; buscar eficiência e melhor ROI entre os meios; e colocar o consumidor no centro da estratégia. “Criatividade, contexto e conteúdo são fundamentais para trabalhar neste momento de fluidez”, opina.

ABA Summit -Renato Meirelles, sócio do Instituto Locomotiva

Traçando um perfil da população 50+  – O executivo Renato Meirelles, (foto) sócio do Instituto Locomotiva, apresentou “Perfil da população 50+ no Brasil”. Ele chamou de Clube do Trilhão o enorme contingente de brasileiros acima dessa faixa etária e que representa consumo acima de 1 trilhão de reais por ano. “Não esqueçam que existe amor no Excel. Desafio que todo profissional de marketing precisa ter no seu trabalho é não esquecer de olhar as pessoas”, deixou com mensagem à plateia lotada.

ABA Summit -  Carla Alzamora

Equidade de gêneros e raça na publicidade  brasileira  – Na última palestra do painel, Carla Alzamora, (foto) falou sobre “Equidade de gêneros e raça na publicidade brasileira”. Como diretora de Planejamento da agência Heads e membro da ONU Mulheres, ela ressaltou que por sermos parte do problema é fundamental nos tornarmos parte da solução. Estudo realizado pela empresa com comerciais veiculados em dois canais de TV (um aberto e outro fechado) demonstrou claramente o quanto a grande massa população brasileira não está representada nos filmes. Seu conselho é que os profissionais de comunicação encarem as ruas e vejam que realidade querem estampar nas suas mensagens, decidindo pela equidade de maneira consciente. “A gente está mais reforçando os estereótipos do que quebrando”, ressaltou Carla. Os debatedores desse painel foram os conselheiros da ABA Alexandre Bouza, diretor de Marketing do Grupo Boticário, e Beatriz Galloni, VP de Marketing MasterCard, além de Denise Figueiredo, diretora de Marca & Consumidor da Natura e diretora da ABA. 

(646Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *