Risco na intervenção

As atividades da intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro podem parar em alguns dias. A Medida Provisória 825 que libera R$ 1,2 bilhão de crédito – pouco diante do necessário – e que traz garantias das ações vai perder a validade se não for votada esta semana nos plenários da Câmara e no Senado. Todo o esforço do Governo está nas mãos dos deputados e senadores – mas estes estão mais preocupados com suas pré-campanhas nas bases eleitorais. Para piorar o cenário, o dinheiro prometido, se chegar, cobrirá gastos já contratados e salários atrasados. Nem ficará no caixa.

Aval

Questionado há dias pelo general interventor Braga Neto, o TCU se manifestou a favor de contratações diretas sem licitação, durante a intervenção, em alguns casos.

Eike, o alvo

O MST chega aos 30 anos e escolheu alvo: as propriedades rurais de Eike Batista e de seu Grupo X. Os sem-terra invadiram fazenda em São Joaquim de Bicas, perto de BH.

Poder e Fé

Um dos federais mais votados do País, Pr. Feliciano lançou curiosa enquete no Twitter: ‘Para você, a depressão é causada por uma doença natural, ou por demônios?’

Direto da cela

A defesa do ex-presidente Lula da Silva pedirá ao Tribunal Superior Eleitoral autorização para que o petista faça gravações para o programa eleitoral do PT, de dentro do quartinho onde está preso na sede da Polícia Federal, condenado por corrupção. Aliás, o registro da candidatura de Lula à Presidência será feito dia 15 de agosto.

Dançou

Petistas experientes e um empresário do Rio ouvidos pela Coluna lamentam que Lula tenha perdido a oportunidade ímpar na vida: poderia ter se candidatado ao Senado, em 2014. Na avaliação deles, hoje Lula seria líder do PT – ou até presidente da Casa – seus processos estariam no STF (ou não haveria ação), Dilma continuaria presidente do País e o povo conclamaria Lula a voltar ao Planalto, com grande chance de vitória.

Surdez

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia rejeitou representação do deputado Kaefer (PP-PR) contra o deputado Giacobo (PR-PR), que gritou “Vou te pegar, vagabundo”, após jornal de Kaefer reproduzir reportagem sobre compra suspeita de apartamento.

CNILand

A Confederação Nacional da Indústria comprou terras e prepara a construção de sua ‘cidade’ no entorno do DF. Terá torres, universidades do sistema S, hotel e shopping.

Nós na UTI

Continua a briga de deputados contra o aumento abusivo do valor dos planos de saúde, com a anuência da Agência Nacional de Saúde Suplementar (que cuida da saúde das operadoras). O federal Reginaldo Lopes (PT-MG), que apresentou decreto contra, garante que mais parlamentares vão propor o cerco e a redução do valor.

Brasil antenado

Veja como o brasileiro, a despeito da Copa da FIFA, continua antenado na realidade. Até a véspera do fatídico Brasil x Bélgica, a Paraná Pesquisa ouviu 2.285 pessoas em 178 cidades. A pergunta (estimulada) foi sobre o que interessava mais: Deu ‘Copa’ para 33,1%, ‘Eleições’ para 30% e ‘Lava Jato’ para 28,7% dos entrevistados.

Urna na cabeça

Para 12,3% dos entrevistados, o que mais gostam da Copa é a folga no trabalho – que não haverá mais. Mas a surpresa veio com a pergunta: o que é mais importante: que o Brasil ganhasse a Copa ou seu candidato a presidente vencesse a eleição? Deu 77,3% para a opção política, e 16% para o futebol.

Cozinha cheia

O mercado da cozinha vai bem. E quando o lado social ajuda, dá resultado: estão empregados 98 dos 100 jovens de comunidades de Niterói e São Gonçalo formados pela Energia do Sabor (Fundação Gas Natural Fenosa e Unilasalle). Claude Troisgros será um dos avaliadores da nova turma que se forma na terça.

Duas rodas

Motociclistas de todo o Brasil se reúnem de 19 a 28 de julho em Brasília para o Brasília Capital Moto Week. Já virou o maior evento do gênero na América do Sul.

(423Publicações)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *