• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Déficit primário soma R$ 17,825 bi no ano até julho e equivale a 0,45% do PIB

  • COMPARTILHE
Economia

Déficit primário soma R$ 17,825 bi no ano até julho e equivale a 0,45% do PIB

As contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 17,825 bilhões no ano até julho, o equivalente a 0,45% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central.

A meta de déficit primário do setor público consolidado considerada pelo governo é de R$ 161,3 bilhões para 2018.

O déficit fiscal no ano até julho pode ser atribuído ao rombo de R$ 31,395 bilhões do Governo Central (0,80% do PIB).

Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 11,366 bilhões (0,29% do PIB) no ano até julho. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 8,924 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 2,442 bilhões.

As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 2,204 bilhões no período.

12 meses

As contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 77,086 bilhões em 12 meses até julho, o equivalente a 1,14% do PIB, informou o Banco Central.

O déficit fiscal nos 12 meses encerrados em julho pode ser atribuído ao rombo de R$ 81,105 bilhões do Governo Central (1,20% do PIB).

Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 2,519 bilhões (0,04% do PIB) em 12 meses até junho. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 2,470 bilhões, os municípios tiveram um saldo negativo de R$ 49 milhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 1,500 bilhão no período.

Déficit nominal

O setor público consolidado registrou déficit nominal de R$ 29,162 bilhões em julho. Em junho, o resultado nominal havia sido deficitário em R$ 57,941 bilhões e, em julho de 2017, deficitário em R$ 44,620 bilhões.

No mês passado, o governo central registrou déficit nominal de R$ 23,041 bilhões. Os governos regionais tiveram saldo negativo de R$ 6,810 bilhões, enquanto as empresas estatais registraram superávit nominal de R$ 689 milhões.

No ano até julho, há déficit nominal correspondente a 6,25% do Produto Interno Bruto (PIB), com saldo de R$ 246,562 bilhões.

Em 12 meses até o mês passado, o déficit nominal correspondeu a 7,00% do PIB, com saldo negativo de R$ 471,584 bilhões.