• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bahia vence confronto direto no Presidente Vargas e afunda Ceará

  • COMPARTILHE
Esportes

Bahia vence confronto direto no Presidente Vargas e afunda Ceará

O Bahia levou a melhor no confronto direto pela permanência na elite do Campeonato Brasileiro ao vencer o Ceará, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, em jogo atrasado da 15ª rodada. Os torcedores presentes no estádio Presidente Vargas não pouparam críticas aos dirigentes alvinegros, que estavam nas tribunas.

Sem vencer há cinco jogos, o Ceará conheceu a segunda derrota seguida e segue na penúltima colocação, com 17 pontos. No domingo passado perdeu para o São Paulo, por 1 a 0. Já o Bahia encerrou um jejum de três rodadas e se distanciou da zona de rebaixamento, subindo para o 11º lugar, com 25.

Os dois times começaram a partida se estudando bastante. Apoiado pela torcida, o Ceará passou a controlar as ações e assustou em chute de Felipe Azevedo, defendido por Douglas Friederich. Em uma das primeiras investidas, o Bahia abriu o placar aos 28 minutos. Zé Rafael cobrou escanteio, a bola foi desviada na primeira trave e Lucas Fonseca pegou de primeira, mandando no cantinho de Everson.

Atrás do placar, o Ceará pressionou o Bahia nos minutos finais do primeiro tempo e criou pelo menos duas boas oportunidades. Na primeira, Samuel Xavier dominou dentro da área e bateu de virada para defesa de Douglas Friederich. Logo depois, Juninho Quixadá fez fila dentro da área e chutou rasteiro pela linha de fundo.

O Ceará voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva e assustou em finalização rasteira de Ricardo Bueno. Mas Douglas Friederich espalmou de manchete. O goleiro voltaria a trabalhar em chute forte de Richardson. Aos 20 minutos, Zé Rafael recebeu de Elbert e soltou a bomba para defesa de Everson.

Apostando no contra-ataque, o Bahia matou o jogo aos 42 minutos. Elber cortou cruzamento de João Lucas e lançou para Gilberto, que saiu em velocidade do campo de defesa e bateu na saída de Everson. O Ceará ainda perdeu duas chances incríveis nos acréscimos.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 22ª rodada. O Ceará enfrenta o Flamengo, às 11 horas, no Maracanã, no Rio de Janeiro. O Bahia vai até Curitiba jogar contra o Atlético-PR, às 16 horas, na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 0 x 2 BAHIA

CEARÁ - Éverson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho (Pedro Ken), Richardson e Ricardinho (Romário); Felipe Azevedo, Ricardo Bueno (Arnaldo) e Juninho Quixadá. Técnico: Lisca.

BAHIA - Douglas Friederich; Bruno, Everson, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Flávio, Nilton, Marco Antônio (Elber) e Zé Rafael (Edigar Júnio); Gilberto (Junior Brumado). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Lucas Fonseca, aos 28 minutos do primeiro tempo. Gilberto, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Romário e Pedro Ken (Ceará); Gregore, Nilton, Gilberto e Léo (Bahia).

ÁRBITROS - Dyorgines Padovani de Andrade (ES).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).