• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bolt fará estreia por time australiano em amistoso na sexta-feira

  • COMPARTILHE
Esportes

Bolt fará estreia por time australiano em amistoso na sexta-feira

O dono de oito medalhas de ouro olímpicas passa por um período de testes no Mariners, na esperança de ganhar um contrato profissional para jogar na próxima temporada do Campeonato Australiano

O astro jamaicano Usain Bolt vai fazer a sua primeira partida pelo Central Coast Mariners, clube que joga na primeira divisão da Austrália, na sexta-feira, em amistoso de preparação para a temporada, diante de um combinado amador de Central Coast.

O dono de oito medalhas de ouro olímpicas passa por um período de testes no Mariners, na esperança de ganhar um contrato profissional para jogar na próxima temporada do Campeonato Australiano, que vai começar em outubro. Ele tem treinado como ponta esquerda e espera jogar cerca de 15 a 20 minutos nessa posição durante o jogo.

Os dirigentes do clube esperam que cerca de 12 mil espectadores acompanhem a partida marcada para Gosford, a cidade do Mariners, nas proximidades de Sydney, e Bolt admite que está nervoso para a sua estreia.

"Definitivamente, estarei nervoso, não será mais como um jogo de caridade", disse Bolt. "Eu espero cometer erros, mas também espero ficar orgulhoso e me esforçar. Eu sei que não será um jogo perfeito", acrescentou.

Nesta terça-feira, Bolt fez um treino completo ao lado dos jogadores do Mariners, após realizar trabalhos mais leves nos dias anteriores. E pareceu enfrentar alguma dificuldade com o ritmo e as exigências de treinamento.

"Eu acho que a coisa mais difícil para ele agora é obter o ritmo de jogo", disse o técnico do Mariners, Mike Mulvey, que elogiou a habilidade de Bolt. "Não há problema nisso. É sobre conseguir fazê-lo na velocidade que fazemos".

Bolt avaliou que os treinos vêm sendo diferentes e exigentes, mas assegurou que vem evoluindo. "A parte mais difícil para mim é ter que parar e voltar a correr continuamente, não estou acostumado a tomar velocidade, parar e voltar a tomá-la", explicou. "A temporada não começa antes do fim de outubro, então tenho tempo."