• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com dúvida no ataque, Inter encara o Flamengo sonhando com a liderança

  • COMPARTILHE
Esportes

Com dúvida no ataque, Inter encara o Flamengo sonhando com a liderança

No encalço do São Paulo, o Internacional tem uma oportunidade preciosa para se consolidar na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho recebe o Flamengo nesta quarta-feira, às 21h45, no Beira-Rio, em duelo válido pela 23.ª rodada que opõe segundo e terceiro colocados.

Ainda que esteja invicto há sete jogos e não tenha levado gols neste mesmo período, o Inter teve uma queda na produção ofensiva nos últimos jogos, tanto que vem de dois empates sem gols contra Palmeiras e Cruzeiro que impediram o time de assumir a liderança do torneio.

"Estamos confiantes para jogar, estamos nos defendendo bem, temos uma identidade definida. É aproveitar o momento e buscar os três pontos em casa", disse o meio-campista Edenilson, confiante em um triunfo em casa.

A equipe gaúcha ocupa a vice-liderança, com 43 pontos, a três do São Paulo, e para assumir a ponta da tabela de classificação pela primeira vez no campeonato, precisa vencer o Flamengo, o que afastaria o time carioca da disputa pela taça, e torcer para o Atlético Mineiro derrotar a equipe paulista em Belo Horizonte.

O ataque é justamente o setor em que mora a grande dúvida na escalação da equipe. Odair Hellmann, como de costume, fechou o único treino em preparação para o duelo e não revelou se vai escalar Leandro Damião ou Jonatan Álvez.

O uruguaio sai na frente na briga pela titularidade pois já vinha jogando, enquanto Damião vem de um mês de inatividade para tratar uma lesão na cervical. Ele voltou na última partida contra o Cruzeiro, em que atuou por alguns minutos no segundo tempo.

Se Álvez jogar, a única mudança na equipe em relação aos que jogaram a última partida será o retorno de Rodrigo Moledo à zaga após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Ele reocupa seu posto ao lado de Victor Cuesta, o que faz com que Emerson Santos volte ao banco de reservas.