• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com Vasco em crise, Maxi López garante: 'Eu gosto da pressão'

  • COMPARTILHE
Esportes

Com Vasco em crise, Maxi López garante: 'Eu gosto da pressão'

Com apenas uma vitória nas últimas dez partidas do Campeonato Brasileiro, o Vasco atravessa uma preocupante crise e se vê à beira da zona da degola, com o mesmo número de Sport e Ceará, que hoje estariam rebaixado. Não bastasse a pressão pelos resultados e pelas críticas da torcida, a equipe terá pela frente no sábado nada menos do que o clássico diante do maior rival, o Flamengo, em Brasília.

Uma vitória pode dar a força necessária para o Vasco reagir, mas uma derrota empurra de vez a equipe na crise e pode fazê-la fechar a rodada na zona da degola. Diante de um confronto tão importante quanto esse, o atacante Maxi López garantiu: "Eu gosto da pressão".

O experiente argentino, de 34 anos, foi o escolhido para conceder entrevista coletiva nesta quarta, em meio à fase conturbada da equipe. E ele considerou que é justamente neste momento que os grandes jogadores crescem. "Para mim, é bom, pois não acontece nada quando o momento é favorável, é tudo lindo. Nos momentos de dificuldade para o time, você vê quem são os caras, quem são os guerreiros, quem está fechado."

Com a experiência de quem vestiu camisas como as de Barcelona e Milan, Maxi López garantiu que tem conversado com os mais jovens do elenco para passar tranquilidade. "É uma coisa importante e que ajudará nossa equipe a amadurecer e crescer. Converso com os mais jovens e digo que só iremos mudar isso com resultados dentro de campo. Estamos treinando muito para melhorar, e temos a chance de fazer um bom jogo no sábado para mudar tudo isso. A equipe está preparada para essa partida", afirmou.

Se o momento do Vasco é dos piores, o argentino é a única peça do elenco que destoa. Enquanto até o outrora "intocável" Yago Pikachu foi barrado na última rodada, Maxi López participou diretamente de todos os cinco gols do time desde que estreou: marcou dois e deu assistência para outros três.

"Eu acho que a minha melhor fase irá chegar quando o time estiver atravessando um momento bom. Estou buscando dar o meu máximo para ajudar e dar uma grande contribuição para a equipe. Acredito que ainda posso melhor muito meu desempenho dentro de campo", avaliou.