• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em jogo com briga entre Serena e árbitro, Osaka fatura título do US Open

  • COMPARTILHE
Esportes

Em jogo com briga entre Serena e árbitro, Osaka fatura título do US Open

A japonesa Naomi Osaka aproveitou o descontrole de Serena Williams para conquistar o primeiro título de Grand Slam da sua carreira. Neste sábado, a asiática, de apenas 20 anos e 19ª colocada no ranking da WTA, foi campeã do US Open ao derrotar a norte-americana, hoje apenas a número 26 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4.

Durante o segundo set do jogo, o árbitro Carlos Ramos - e não Osaka - se tornou o principal adversário de Serena. A estrela norte-americana recebeu diversas advertências, discutiu com o juiz, quebrou uma raquete e chegou a perder um game como punição pelo seu comportamento. E com atuação segura, Osaka se aproveitou da situação adversa da adversária para assegurar o triunfo com mais facilidade do que poderia se prever.

Com a vitória, Osaka se tornou a primeira japonesa a conquistar um título de Grand Slam e apenas a segunda asiática - a outra foi a chinesa Na Li. Este também foi o segundo título da sua carreira, sendo que o primeiro havia sido em março, no Torneio de Indian Wells, com uma campanha em que também passou por Serena. E ela deve se tornar a número 7 do mundo na próxima segunda-feira, quando o ranking da WTA será atualizado.

O JOGO - Mesmo com toda a sua experiência, Serena parecia nervosa no início do jogo. Enquanto isso, Osaka era sólida no fundo de quadra e alongava os pontos. E conseguiu uma quebra de saque no terceiro game em dupla-falta da norte-americana para abrir 2/1. Depois, conquistou nova quebra no quinto, fazendo 5/1 na sequência.

Serena ainda confirmou o seu saque uma vez, no sétimo game, mas não impediu o triunfo de Osaka, que fechou a primeira parcial em 6/2, se aproveitando do excesso de erros da rival - foram 13, contra apenas cinco da japonesa no primeiro set.

Mas Serena reagiu no segundo set. Após receber advertência da arbitragem por ter recebido orientação do seu treinador e se safar de perder o saque no terceiro game, conseguiu fazer 3/1 ao quebrar o saque de Osaka. Só que a japonesa não se intimidou, devolveu a quebra de serviço na sequência e viu a rival extravasar sua frustração na raquete, que foi quebrada.

Com Serena descontrolada, Osaka conseguiu mais uma quebra de serviço para fazer 4/3. Na sequência, a norte-americana se desentendeu novamente com a arbitragem, afirmando que o juiz lhe roubou um ponto. Foi o suficiente para a aplicação de pena ainda mais dura, a perda de um game.

Com 5/3 de desvantagem, Serena ainda conseguiu confirmar o seu game de serviço. Mas muito focada, Osaka sustentou o seu saque na sequência e fez 6/4, assegurando o título do US Open, mesmo que ofuscada pela confusão entre Serena e a arbitragem.