• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em novo comunicado, equipe diz que Wickens sofreu nove lesões em acidente na Indy

  • COMPARTILHE
Esportes

Em novo comunicado, equipe diz que Wickens sofreu nove lesões em acidente na Indy

A Schimidt Peterson divulgou comunicado em seu site oficial nesta quinta-feira para falar sobre o estado de saúde do piloto Robert Wickens, que sofreu grave acidente na etapa de Pocono da Fórmula Indy, em 19 de agosto.

O canadense precisou passar por cirurgias nas duas pernas e também nas mãos. Na nota, a equipe fez uma lista com um total de nove lesões sofridas. O piloto fraturou a coluna vertebral torácica, a medula espinal, o pescoço, a tíbia e a fíbula nas duas pernas, as mãos, o antebraço direito, o cotovelo, quatro costelas, além de uma contusão pulmonar.

De acordo com o comunicado, Wickens está internado agora em um hospital em Indianápolis e deve ser transferido para um centro de reabilitação nos próximos dias - de início, ele esteve internado em um hospital na Pensilvânia. A gravidade da lesão medular permanece indeterminada e sob avaliação. Os médicos disseram que pode levar semanas ou meses para que os efeitos completos da lesão sejam conhecidos.

"Queremos agradecer a todos pelas mensagens de amor, orações e energia positiva que nos foi enviada desde o acidente de Robert", disse a família de Wickens em um comunicado. "Estamos impressionados com a força desta comunidade da Indy e o apoio dentro dela. Enquanto a recuperação e reabilitação de Robert continuarem nas próximas semanas, as mensagens certamente ajudarão em sua recuperação", prosseguiu.

A Schmidt Peterson ainda informou que não colocará outro piloto para substituir Wickens no grid da Fórmula Indy. "Enquanto Robert se recupera, queremos deixar claro que o carro #6 é dele e só dele. Não importa quanto demore essa recuperação, vamos guardar a vaga dele. Carlos Muñoz (piloto provisório) está fazendo um ótimo trabalho conosco, mantendo o #6 na disputa e estamos satisfeitos com ele. O caminho até a recuperação total de Robert será duro, mas esperamos que ele volte melhor, mais forte e mais rápido", informou a equipe.