• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Filipe Luis diz que nas férias teve pesadelos com a Copa: 'Sonhava com a derrota'

  • COMPARTILHE
Esportes

Filipe Luis diz que nas férias teve pesadelos com a Copa: 'Sonhava com a derrota'

O lateral-esquerdo Filipe Luis evitou fazer prognósticos sobre os próximos anos de sua carreira. Em entrevista coletiva nesta terça-feira em New Jersey, ele disse que demorou para conseguir tirar a Copa do Mundo da Rússia da cabeça.

"A Copa é realmente algo especial. Tenho pena de só ter ido para uma Copa até agora. Foi o melhor e o pior momento da minha carreira. Foi único. Cada jogo era como se fosse uma final. Todo jogo era especial. Foi muito difícil. Nas férias sonhei com essa derrota (para a Bélgica por 2 a 0 nas quartas de final). Mas ficou a amizade que se formou com o grupo. Posso dizer que não foi mau preparada ou convocada. Nem sempre o melhor ganha", afirmou.

No treino desta terça-feira, Filipe Luis começou entre os titulares e a tendência é que comece em campo no amistoso de sexta-feira contra os Estados Unidos. O jogador evitou fazer prognósticos para a próxima Copa do Mundo no Catar em 2022.

Para ele o mais importante é pensar no passo a passo e procurar estar sempre bem no clube para ser lembrado pelo técnico da seleção. "Ninguém faz planos para daqui quatro anos. Mas o futebol mudou muito. Cada vez mais os jogadores conseguem estender a carreira. Meu objetivo é estar sempre em um time forte, buscando o alto rendimento. Quero competir para ser campeão. O Daniel Alves é um exemplo. Nos últimos anos foi o melhor da posição. Tomara que com 40 esteja jogando, mas só o tempo vai dizer", afirmou.

'MESSI É O MELHOR' - Filipe Luis também discordou dos finalistas dos finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa - o croata Luka Modric, o português Cristiano Ronaldo e o egípcio Mohamed Salah estão na disputa. E não foi porque seu companheiro de Atlético de Madrid, o atacante francês Antoine Griezmann, ficou fora do trio indicado. Na opinião dele, não há muito o que pensar na hora de apontar o craque do planeta.

"O melhor para mim é o Messi. A partir do momento que ele não ganha, perde a credibilidade. Na minha opinião o Messi é o melhor há muitos anos. Ele demonstra a cada jogo que é o melhor e não tenho dúvidas disso", analisou.

Por fim, o lateral disse ter ficado triste com os boatos que saíram na imprensa espanhola de que gostaria de ter sido negociado com o Paris Saint-Germain.

"Não insisti para sair e nem vou insistir. Tenho contrato. Tentaram fazer a minha imagem ficar pior no Atlético. Nesse período de negociação o Simeone entendeu que não deveria jogar, mas em nenhum momento pedi para sair. Estou feliz, tenho mais um ano de contrato. Tenho mais de 300 jogos pelo Atlético e não quero manchar minha história", finalizou.