• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ídolo na Austrália, Tim Cahill terá despedida da seleção em amistoso em novembro

Esportes

Ídolo na Austrália, Tim Cahill terá despedida da seleção em amistoso em novembro

Com 38 anos, Cahill fará a sua 108.ª partida com a camisa da Austrália. Foram 50 gols no total

Maior nome do futebol da Austrália, o meia Tim Cahill terá uma despedida à altura na seleção de seu país. Nesta terça-feira, a Federação Australiana de Futebol (FAF, na sigla em inglês) anunciou que o jogador fará a sua última partida pela equipe nacional em um amistoso contra o Líbano, no dia 20 de novembro, no estádio Olímpico, em Sydney.

Com 38 anos, Cahill fará a sua 108.ª partida com a camisa da Austrália. Foram 50 gols no total. "Será incrivelmente especial representar o meu país pela última vez. Mal posso esperar para dizer obrigado a todos os torcedores que me apoiaram durante a minha carreira", afirmou o jogador.

Mesmo com o duelo contra o Líbano, Cahill não se tornará o jogador com mais jogos pela seleção da Austrália. Essa marca continuará com o ex-goleiro Mark Schwarzer, que vestiu a camisa australiana em 109 partidas. O meia anunciou a aposentadoria da equipe nacional depois de ser o primeiro australiano a participar de quatro edições de Copa do Mundo pelo país ao entrar no jogo contra o Peru, em junho passado, pelo Mundial da Rússia.

"Nós sentimos que não há outra maneira de homenagear a contribuição de Tim ao futebol do que dar a ele a oportunidade de ouvir os gritos dos torcedores jogando pela última vez no 'seu quintal' em Sydney", disse David Gallop, presidente da FAF. "Da mesma forma achamos que os torcedores têm a chance de ver Tim jogando na seleção pela última vez".

Apesar de se despedir da seleção australiana, Cahill ainda não vai parar de jogar profissionalmente. Recentemente, o meia assinou um contrato com o Jamshedpur, clube da Índia.