• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

No Independência lotado, Atlético-MG joga para embalar no Brasileirão

  • COMPARTILHE
Esportes

No Independência lotado, Atlético-MG joga para embalar no Brasileirão

O Atlético Mineiro deve contar mais uma vez com o Independência lotado para embalar no Campeonato Brasileiro. Dono da maior taxa de ocupação das arquibancadas na competição e com oito vitórias nos 12 jogos que fez como mandante no torneio, o time recebe o Atlético Paranaense, nesta segunda-feira, às 20 horas, na conclusão da 24ª rodada.

A vitória sobre o São Paulo, na quarta-feira, fez as pazes da torcida com o time e recuperou a moral do Atlético-MG, que tem oscilado no Brasileirão desde a retomada do torneio após a Copa do Mundo. Ainda assim, se mantém consolidado na zona de classificação à Libertadores, com 38 pontos, em sexto lugar e cinco de vantagem para o sétimo colocado.

Por isso, o Independência deve estar cheio nesta segunda-feira, ainda mais que 16 mil ingressos haviam sido vendidos antecipadamente até a manhã de domingo. "Nosso time vem trabalhando forte para conseguir retribuir esse apoio da torcida da torcida. A gente acredita nessa sinergia para mais uma vitória segunda-feira", afirmou o técnico Thiago Larghi.

E o torcedor que for ao estádio deverá acompanhar um time com algumas novidades, sendo a principal delas a entrada do lateral-direito Patric, na vaga do suspenso Emerson. Além disso, Elias, que estava suspenso nos dois duelos anteriores, deve retornar ao meio-campo, em vaga que foi ocupada por Matheus Galdezani contra o São Paulo. E o argentino Tomás Andrade deverá seguir na formação titular, pois o colombiano Chará está defendendo a sua seleção.

"Gosto bastante do Elias, acho que ele produz bastante pelo time. É um jogador que defende e ataca. Estamos pesando ainda a formação que vai entrar segunda-feira, não tem nada definido, mas a gente fica feliz com retorno dele e a possibilidade de colocá-lo em campo", acrescentou Larghi.

O Atlético-MG também confia na recém-conquistada segurança do sistema defensivo, que chegou a ser um dos piores do Brasileirão, mas sofreu apenas quatro gols nas últimas sete partidas. Assim, espera repetir o triunfo do primeiro turno, quando bateu o time paranaense na Arena da Baixada por 2 a 1.