• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sport visita Corinthians e espera deixar zona de rebaixamento

  • COMPARTILHE
Esportes

Sport visita Corinthians e espera deixar zona de rebaixamento

Apesar da situação delicada na tabela, com apenas 24 pontos e dentro da zona de rebaixamento, o Sport tem esperança de que possa pontuar diante do Corinthians, mesmo atuando no Itaquerão, neste domingo, às 19 horas, pela 25.ª rodada. O técnico Eduardo Baptista tem esperança até de vencer e, quem sabe, deixar o grupo da degola.

"Tirando o fator casa, é uma partida equilibrada. O Corinthians também vive um momento de pressão, estreia de um treinador, de buscar um ajuste Precisando dar uma resposta para o seu torcedor e deve sair mais para cima do Sport. Precisamos ter sabedoria para explorar isso", avaliou o treinador do Sport, que sofreu três derrotas nos últimos cinco jogos.

São pelo menos quatro desfalques certos em relação ao time que empatou sem gols com o Cruzeiro, na última rodada, na Ilha do Retiro, onde Magrão saiu de campo como herói ao defender um pênalti. O zagueiro Ronaldo Alves recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso, os meias Fellipe Bastos e Marlone ainda pertencem ao Corinthians e não podem jogar por força de acordo entre os dirigentes, e o lateral-direito Cláudio Winck sentiu uma lesão na coxa direita e está vetado pelos médicos. Sander sentiu um desconforto no último treino, sexta-feira, no Recife, e passou a ser dúvida na lateral esquerda.

As mudanças abrem espaço para Léo Ortiz assumir a função de zagueiro, com Jair de volante e Morato no ataque. Raul Prata é o substituto natural de Sander, caso ele não tenha condições de jogo.

"Trabalhamos o balanço dos volantes. É um setor crítico. Tem que dar uma atenção. Conseguimos evoluir e, quando jogar, aproveitar o Jair, que participa muito da criação; aproveitar o Neto, que joga bem de costas para a defesa adversária. Precisamos dar uma boa mobilidade. Servir o atacante e fazer com que o Hernane não saia tanto da área", justificou Eduardo Baptista.