• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pesca do Sururu está proibida até 31 de dezembro no Espírito Santo

  • COMPARTILHE
Geral

Pesca do Sururu está proibida até 31 de dezembro no Espírito Santo

Além do Espírito Santo, a instrução do Ibama também vale para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Começa neste sábado (1º) e se estende até 31 de dezembro o período de defeso do sururu rochoso no Espírito Santo. O objetivo da paralisação é promover a recuperação do estoque pesqueiro evitando a extinção das espécies.

Além do Espírito Santo, a instrução do Ibama também vale para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O período do defeso da espécie consiste na época reprodutiva do mexilhão e respeitá-lo é essencial para a manutenção dos bancos de sururu, tanto no âmbito ecológico, quanto socioambiental.

Durante o período, está proibido extração, abastecimento dos cultivos, transporte, beneficiamento, industrialização, armazenamento e comercialização do molusco. Com a proibição, a fiscalização será intensificada pelas secretarias municipais de meio ambiente. 

O mexilhão que vive fixo em costões rochosos das praias e está exposto a diversos impactos que podem influenciar negativamente no seu desenvolvimento. Em termos ecológicos, esse molusco possui grande importância como parte da cadeia alimentar no ambiente marinho. Além disso, faz parte da cultura capixaba, sendo muito utilizado na culinária local.