• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Moradores de Andorinhas tentam retomar a rotina após tiroteios no bairro

  • COMPARTILHE
Polícia

Moradores de Andorinhas tentam retomar a rotina após tiroteios no bairro

Assustados, os moradores do bairro Andorinhas, em Vitória, tentam retomar a rotina no bairro onde ocorreu os tiroteios

Tiroteio no bairro Andorinhas assustou moradores da região. | Foto: Reprodução

Um dia após a tensão provocada por um tiroteio no bairro Andorinhas, em Vitória, moradores da região tentam retomar a rotina na manhã desta quarta-feira (29).

A briga entre os traficantes de drogas e a pressão imposta por eles sobre os moradores, aumentaram depois do crime ocorrido em Andorinhas, na noite do último domingo (26). O adolescente Victor Gabriel Abílio, de 14 anos, morreu no hospital em Vitória, logo após ser atingido por dois tiros, quando voltava de uma quadra esportiva no mesmo bairro onde morava.

Segundo informações, durante o tiroteio, os envolvidos saíram gritando e a ordem era para que os comerciantes da região, baixassem as portas dos estabelecimentos. Por este motivo, a decisão tomada por educadores foi de suspender às aulas na tarde de ontem (28) e a escola só voltou a funcionar na manhã desta quarta-feira(29).

O Comandante do 1° Batalhão da Polícia Militar (BPM), Geovânio Ribeiro, negou que tenha sido um toque de recolher. "Nós saturamos o bairro e não tivemos um toque de recolher em Andorinhas. A escola liberou os alunos mais cedo e hoje já funciona normalmente", afirmou.

De acordo com Geovânio, à Polícia Militar (PM) intensifica as ações em Andorinhas, desde o primeiro homicídio registrado neste ano no local.