Meia Maratona das Montanhas de Guarapari: subidas e muita adrenalina em agosto

Vem aí uma superprova que promete testar os limites dos corredores: a Meia Maratona das Montanhas de Guarapari, no dia 25 de agosto, em Buenos Aires. A prova, cuja altimetria acumulada chega a 500 metros, terá percursos de 13 e 21km, sendo 100% de asfalto. O desafio está lançado! A camisa e a medalha do evento estão sendo divulgadas em primeira mão no blog Corrida de Rua.

Segundo o organizador, Felipe Rocha, da TeamFR Assessoria Esportiva, é bom os atletas se prepararem. “Entre os quilômetros 4 e 12, serão 8km de uma grande subida, onde glúteos, coxas e panturrilhas serão altamente exigidos”, adiantou.

Ele antecipou que os atletas farão um trajeto conhecido como “Rota da Ferradura”, que é um percurso muito utilizado pelo pessoal do mountain bike. A saída será das margens da BR 101, na comunidade de Jabuti, às 8 horas, com chegada em Buenos Aires.

De acordo com Felipe, a ideia da prova é incentivar o turismo e o comércio na região de montanhas de Guarapari. “Como já temos a Meia Maratona das Praias, no mês de fevereiro, que já é um sucesso entre os atletas, queremos também trazer as pessoas para Guarapari em um mês quando normalmente está um pouco mais frio”.

Inscrições

E aí, vai encarar o desafio? As inscrições foram abertas nesta última quinta-feira (6) e são feitas no site www.suainscricao.com. Os valores são estes:

Kit Plus (camisa, número de peito, medalha, chip e kit lanche pós-prova): R$ 85,00
Kit Simples (número de peito, medalha, chip e kit lanche pós-prova): R$ 80

Obs.: a partir da 101ª inscrição, o valor do Kit Plus sobe para R$ 98,00. 

Não perca a oportunidade de correr e curtir as belezas das montanhas de Guarapari!

 

Matheus Thebaldi

(62Publicações)

Acompanhava as pessoas nas corridas e ficava impressionado com tamanho fôlego e com tanta disposição até a chegada. Mal corria na esteira. Foi quando fiz uma prova para concurso em 2009 e a mesma exigia o famoso TAF, tendo que correr 2,4km em 12 minutos. Comecei a treinar e não parei mais. Não passei na prova, mas me tornei um viciado em corrida de rua, tendo já feito, inclusive, três maratonas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *