Migração de haitianos pode render processo internacional a Tião Viana

Ao bancar a migração de 900 haitianos ilegais do Acre para São Paulo, sem acordo com o governo paulista, o governador do Acre, Tião Viana (PT), deixou um pepino eleitoral para o aliado partidário Alexandre Padilha, o futuro candidato ao governo. Nas hostes tucanas, prepara-se um contra-ataque para a campanha: o governador Geraldo Alckmin (PSDB) pode acusar Padilha de cumplicidade com Tião.

Para piorar a situação, há tese de juristas em São Paulo de que Tião Viana pode ser denunciado no Senado à Procuradoria do Tribunal Penal Internacional, por ‘Deportação ou transferência forçada de uma população’ (artigo 7º, d, do Estatuto do TPI) . Para isso, um senador teria de protocolar a denúncia.

Pelo artigo do Tribunal, houve ‘o deslocamento forçado de pessoas, através da expulsão ou outro ato coercivo, da zona em que se encontram legalmente, sem qualquer motivo reconhecido no direito internacional’.

A volta do Ebola
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária redobrou a atenção e informa estar preparada em todos os aeroportos. Vinte anos depois, justamente durante uma Copa do Mundo, o vírus Ebola volta a assustar o mundo, em especial a África Ocidental, onde teve origem.

A ONG Médicos Sem Fronteiras enviou mais 60 profissionais para a região. O vírus já matou 135 vítimas nos últimos meses na Guiné e Libéria. Há uma preocupação de entrada do vírus no Brasil com a chega das seleções e de turistas vindos do Continente.

As seleções da África classificadas para a Copa são Camarões, Nigéria, Gana, Costa do Marfim e Argélia – os três primeiros da região ocidental e vizinhos da Guiné e Libéria.

Até abril, a Guiné registrou 197 casos suspeitos e 122 mortes – outros 27 casos na Libéria, com 13 mortes. A PF e a Anvisa estarão atentos na imigração dos aeroportos.

Enquanto a vigilância aumenta nos aeroportos, uma preocupação já ronda as autoridades de saúde e policiais em São Paulo. Fontes indicam que há suspeita de dois casos de Ebola em estrangeiros que migraram do Acre para o Sudeste.

Procurada, a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de SP nega casos registrados do vírus, mas não comenta sobre as suspeitas.

O Acre tornou-se entrada de estrangeiros ilegais, não somente de haitianos – a maioria – mas também senegaleses e angolanos, que podem chegar ao Brasil infectados com o vírus.

Em nota enviada, a Anvisa “reafirma que as Coordenações de Portos e Aeroportos nos Estados estão atentas e capacitadas para qualquer determinação de controle”. A agência também informa que “os planos de contingencia estão prontos para serem acionados para qualquer evento de saúde publica. A Agência já tem o trabalho de rotina e vai acompanhar todos os desembarques internacionais durante a Copa”.

O Ebola foi descoberto em pesquisas de laboratórios em 1976. É um vírus que causa uma febre hemorrágica forte e rápida, e que mata até 85% das vítimas afetadas.

Requião X jornalistas
O senador Roberto Requião (PMDB-PR) ganhou em 1ª instância ação contra o jornalista Ricardo Boechat, que em seu programa de rádio chamou de ‘roubo’ o político receber aposentadoria como ex-governador. A motivação do comentário veio na esteira do episódio, há dois anos, no qual Requião arrancara do repórter Victor Boyadjian (BandNews), dentro do Senado, o seu gravador – o ameaçou bater e apagou todas as gravações. Requião é reincidente com gravadores & jornalistas. Quando governador do Paraná, em abril de 2004, ele tirou um aparelho das mãos de um repórter em Londrina e torceu seu dedo. A gestão de oito anos de Requião no governo do Paraná foi abalada pelas operações Dallas e Águas Turvas, sobre esquemas no porto de Paranaguá e fortes indícios de envolvimento de seu irmão.

Aécio e o quinteto
Aécio Neves começou a passar o chapéu entre o grande empresariado, ciente da corrida contra o tempo, com a ajuda dos ex-ministros da equipe econômica de FHC, com bom trânsito entre fundos e empresários. Aécio quer evitar o erro de José Serra em 2010: o presidenciável fora procurado por representantes de cinco grandes setores dispostos a ouvir propostas e investir no PSDB, mas Serra recuou, e demorou a se decidir. O quinteto investiu na campanha de Dilma.

Tigres asiáticos
Vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC) procura sarna para se coçar com o governo. Organiza delegação de senadores para visitar Taiwan ainda neste mês. O país não é reconhecido pela China – que tem ótimas relações com o Brasil. Quando decidiu visitar Dalai Lama no Tibet por conta própria ano passado, o deputado federal Walter Feldman (PSB-SP) sofreu pressão da embaixada da China e visitas no gabinete na tentativa de dissuadi-lo. Mas foi e conheceu o ídolo.

O que quer o PR?
É um mistério até para aliados a insatisfação do PR com a presidente Dilma Rousseff. O partido retomou o Ministério dos Transportes, nas mãos da bancada do Senado – e também do ex-ministro Alfredo Nascimento. E a bancada do PR na Câmara controla dezenas de superintendências do DNIT. Para um partido presidido por um detento penitenciário, é muita coisa.

Entrou no páreo
É para valer a candidatura do pastor Everaldo (PSC) à Presidência. Montou equipe e fez a primeira reunião há dias. Surgirá com discurso conservador e de respeito às tradições. Neste sábado esteve em Natal (RN) e ganhou o apoio informal do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), pré-candidato ao governo potiguar.

Inferno astral
A despeito de o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, ter negado direito a José Dirceu de trabalhar como advogado, no regime semiaberto, o ex-ministro corre o risco de ficar sem emprego garantido também. É que a OAB-SP analisa processo de cassação do seu registro, por ser condenado e apenado – o que é contra a conduta da Ordem.

Bota-fora e cala-boca
Nos corredores da Petrobras, o súbito plano de demissão voluntária ganhou o apelido de ‘cala-boca’. Mais de 8 mil servidores toparam de R$ 180 mil a R$ 600 mil. O temor era de que funcionários dos altos escalões abrissem o bico sobre o que sabem dos contratos bilionários. Muitos saem porque temem naufragarem com a empresa.

Olho no saldo
Clima quente entre a Finep e a FIPECq – Fundação de Previdência Complementar dos servidores da Finep, Ipea, CNPq, Inpe e Inpa. A Finep enviou carta para a Previc – Superintendência Nacional de Previdência Complementar questionando a indicação de conselheiros para o fundo. A ingerência política tem sido um risco para os fundos.

Cura Gay 2.0
A bancada evangélica insiste na Cura Gay. O pastor Eurico (PSB-PE) apresentou o PL 1457/14 que ‘Susta os efeitos da Resolução nº 01, do Conselho Federal de Psicologia’. A grosso modo, a resolução proíbe os profissionais de ‘converterem’ homossexuais, ou direcionarem seus perfis em eventual consulta/tratamento.

El matador (de cães)
O presidente do Senado e aliado de Evo Morales ganhou apelido de El Matador. Circula vídeo em que Eugenio Apaza arranca cabeças de dois pobres cães, para ameaçar opositores. Foi em 2007, mas ainda lhe rende dor de cabeça. (veja aqui)

Loyola & Gabo
Ignácio de Loyola Brandão contou na Flipiri, de Pirenópolis (GO), que se emocionou, anos atrás, ao descobrir que se hospedava num quarto de hotel em Paris onde morou García-Marquez em 1957.

Petrobras = Cachoeira 2.0
Qualquer tipo de CPI da Petrobras tem tudo para se tornar uma versão 2.0 da CPI do Cacheira: muito barulho para nenhum resultado. É tamanha a vontade de base e oposição de descobrirem os malfeitos de cada partido em ingerência na estatal.. que nada vai andar.

Índio quer mandato 
Uma proposta de Emenda Constitucional que avança pode fazer jus à passagem do pioneiro Mario Juruna pelo Congresso, o primeiro índio a ocupar um assento no Parlamento. A PEC 320/13, do deputado Nilmário Miranda (PT-MG), prevê a criação de vagas especiais de deputado federal para as comunidades e etnias indígenas.

Ponto final
O ex-premiê Silvio Berlusconi cumpre pena na Itália dando comida para vítimas de Alzheimer. Que sorte a dele! É bom ser esquecido pelo que fez.
______________________________
Com Luana Lopes e Equipe DF e SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *