Aproveite a virada de 2013 para dar uma virada na sua vida

Sete passos para a virada do ano Edson Ferreira, Diretor Geral da Avalon Construtora 1 – Escolha com cuidado as pessoas com quem você passa o seu tempo livre. Aproveite melhor o seu tempo, pois passar tempo com gente que não contribui é apenas perda de tempo. 2 – Reflita sobre decisões importantes antecipadamente. Prepare-se para as decisões, já que grandes expectativas determinam grandes ... leia mais

No ranking da Fifa estamos em 18º lugar

Li nas manchetes há alguns dias, que o nosso futebol foi rebaixado mais uma vez, ficando em décimo oitavo lugar no ranking da FIFA. Pergunto-me como um país que foi campeão do mundo por cinco vezes, vice-campeão  duas vezes, tem seis ou sete clubes campeões mundiais, tem Pelé como atleta do século e por fim, vai sediar sua segunda Copa do Mundo, pode cair tanto e ficar tão mal colocado. Faço-me outra ... leia mais

Missão política complexa na economia brasileira

Recentemente, após a confirmação de mais um pibinho, multiplicaram-se as críticas em relação ao modelo econômico vigente. O debate qualificado é positivo. Esse debate, por sua vez, encontra-se basicamente dividido em duas correntes do pensamento. Alguns alegam que não aprofundamos as reformas dos anos 1990 e outros argumentam que a herança amarga daqueles tempos persiste no travamento e na ... leia mais

Problemas com nascimentos: Um filho a cada falha

Existem alguns problemas que são mesmo de difícil solução. Destes, alguns têm explicações plausíveis, outros, só a complexidade humana é capaz de explicar. Um desses problemas eternos é o nascimento de filhos de forma desordenada sejam de solteiros, amasiados ou casados. Há microrregiões em que alguns homens se tornam reconhecidos pela quantidade de filhos que despejam no mundo, verdadeiros ... leia mais

Esquentando o debate econômico para 2014

Não terminamos ainda de viver 2012 e já podemos notar sinais claros de que o ano eleitoral de 2014 está intensamente presente nos debates midiáticos. Os fracos desempenhos da economia sob o governo Dilma (PT) já provocam críticas diversas. Alguns simpatizantes das oposições, por sua vez, evocam um tempo passado em que o País esteve no caminho certo, apesar daquele “caminho” ter sido popularmente ... leia mais

O novo modus operandi na Política Econômica no Brasil

Ana Paula Vescovi (1) De modo gradual, o desenho da política econômica adotada pelo governo federal nos últimos dois anos vai se definindo. Pontuo a seguir o que percebo como características. i) O diagnóstico é confuso. O Objetivo central trata de atenuar o efeito cíclico da crise internacional com medidas compensatórias e com estímulos de curto prazo para o mercado doméstico; Defendem-se políticas de ... leia mais

Agenda de desenvolvimento com sustentabilidade para o Brasil

Presente entre as oito maiores economias do planeta, o Brasil, país de históricas e persistentes desigualdades sociais, vem apresentando dificuldades diversas em reverter essa posição econômica em melhorias na qualidade de vida da sua população. Segundo rankings elaborados pela consultoria Mercer em 2012, não constam cidades brasileiras entre as cem melhores para se viver. Rio de Janeiro e São Paulo, ... leia mais

Guerra dos royalties e tensões federativas

  A discussão política por uma nova divisão dos royalties do petróleo entrou na pauta da mídia novamente. Rio de Janeiro e Espírito Santo foram literalmente atropelados pelos processos de votação no Congresso Nacional e o poder executivo federal se omitiu mais uma vez nessa discussão, tal como um Pilatos pós-moderno. Esta não é uma questão a ser analisada de forma isolada, pois ela integra o imbróglio ... leia mais

EUA, China e perspectivas brasileiras

Podemos considerar que na última semana ocorreram as escolhas dos processos de transição política nas duas principais economias do planeta. Eleições livres nos EUA e escolha indireta na China. Não precisamos refletir muito sobre o que preferimos efetivamente. Reflexões diversas espalhadas na mídia não apontam para grandes inflexões políticas nesses países, apenas sinalizam para alguns prováveis ... leia mais

Reforma do ICMS, para quê e para quem?

Ana Paula Vescovi* À parte a elevada carga tributária, há graves distorções no sistema tributário brasileiro: complexidade; cumulatividade; alto custo de recuperação de créditos; competição fiscal desordenada e insegurança jurídica; tributação excessiva em produtos específicos; elevados incentivos à elisão e, por consequência, elevados custos de transação para contribuintes e fiscos. Por esses e ... leia mais