10/04/2014 às 18h42 (Atualizado em 10/04/2014 às 18h58)

Governo pede prazo de 10 dias para analisar reivindicações de servidores do Estado

Folha Vitória
Redação Folha Vitória
m  Versão para impressão 8  Enviar por e-mail

TesteO governo do Espírito Santo se comprometeu em responder as reivindicações dos servidores públicos, que estavam em greve até a última quarta-feira (9), até os próximos dez dias. Esse foi o tempo definido para análise da pauta dos servidores. A informação é do Sindicato dos Servidores Públicos do Espírito Santo (Sindipúblicos-ES). Os profissionais estavam em greve desde o último dia 19 de março.

De acordo com o presidente do Sindipúblicos, Gerson de Jesus, os trabalhadores criticaram o governo por um atraso nas negociações. "Durante a reunião nós falamos que poderia haver uma negociação antes, o governo poderia ter avançado, mas não avançou. Isso se refletiu nos nossos protestos e manifestações", diz.

Em março, o governo do Estado concedeu aumento de 4,5% aos servidores públicos, o que para a categoria, é insuficiente. "Nós pedimos que pelo menos o aumento chegue à inflação medida pelo IPCA. Se levarmos em consideração o período de fevereiro de 2013 e fevereiro de 2014, a inflação foi de 5,43%. Além disso, pedimos o aumento do tíquete-alimentação que está defasado desde 1997", conta.

Os servidores públicos pedem o aumento do tíquete-alimentação de R$ 176 para R$ 706,50, extensão do auxílio alimentação para os servidores que recebem subsídio, regulamentação do auxílio creche e da insulabridade e reposição inflacionária dos vencimentos. Segundo o sindicato, todas as reivindicações são plausíveis e não fere a lei eleitoral.

A Secretaria de Gestão e Recursos Humanos foi procurada para comentar o assunto, mas até o fechamento ainda não tinha se manifestado sobre o caso. 

Protestos
Durante a greve, a categoria realizou diversos protestos. no último dia 1º, servidores interditaram a avenida Nossa Senhora da Penha, a Reta da Penha, e protestaram com faixas e carros de som. Na manhã do dia 31, os profissionais interditaram o Centro de Vitória e seguiram em passeata até o Palácio Anchieta, sede do governo estadual.

Início das reivindicações
O início da greve dos servidores públicos reuniu 17 categorias sindicais. Uma assembleia geral foi realizada em frente ao Palácio da Fonte Grande, em Vitória.

Os funcionários públicos reivindicaram por reajuste salarial. Além disso, eles pediram reposição de perdas salariais e mudanças na política de gestão de pessoas, concessão do auxílio-alimentação, regulamentação de auxílio-creche, além do adicional de insalubridade.

TAGs

  • servidores
  • greve
  • públicos
  • paralisação
  • reunião
  • reivindicações
  • sindipúblicos
m  Versão para impressão 8  Enviar por e-mail

MAIS LIDAS

Jornal Folha Vitória
Todos os direitos reservados © 2007-2014