• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Batata continua sendo a vilã da cesta básica capixaba que custa mais de R$ 330

Economia

Batata continua sendo a vilã da cesta básica capixaba que custa mais de R$ 330

Mesmo com a queda, o preço da comercialização da cesta básica no Estado é o quinto mais caro do país. Em novembro de 2014, o valor da cesta básica era de R$ 331,34 e era a 4ª mais cara

A batata subiu quase 10% em um mês Foto: Divulgação/Internet

O valor da cesta básica do capixaba teve uma queda de 0,55% no mês de dezembro 2014, chegando a custar R$ 331,15, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Mesmo com a queda no valor, o preço da comercialização da cesta básica no Estado é o quinto mais caro do país. Em novembro de 2014, o valor da cesta básica era de R$ 331,34 e era a quarta cesta básica mais cara do país.

O maior vilão dos alimentos foi a batata, mesmo produto que mais subiu em novembro, com variação de 9,67%. Os outros produtos que também tiveram aumento nos preços foram o açúcar, com alta de 5,48%, e a manteiga, que subiu 3,91%. Mesmo com os preços altos, o valor do tomate teve diminuição de 7,56%, o feijão caiu 2,95% e o leite ficou 2,87% mais barato.

Para o trabalhador da classe média poder comprar a cesta básica, de acordo com os dados do Dieese, ele precisa trabalhar cerca de 100 horas. Isso porque o gasto com a compra representa 50,02% do salário mínimo oficial líquido.

O maior valor da cesta básica no país foi registrado em São Paulo, custando R$ 354,19. Já a cesta mais barata em nível nacional foi registrada em Aracaju, no valor de R$ 245,70.