• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após reunião com Schäuble, Varoufakis diz que fará de tudo para evitar default

  • COMPARTILHE
Economia

Após reunião com Schäuble, Varoufakis diz que fará de tudo para evitar default

Berlim - O ministro de Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, afirmou que seu governo vai fazer de tudo para evitar um default. A declaração foi feita em entrevista à imprensa ao lado do ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, após uma reunião entre os dois.

"Nós precisamos respeitar os tratados, acordos e processos estabelecidos sem matar a frágil flor da democracia com uma marreta na forma de declarações como 'as eleições não mudam nada'", afirmou Varoufakis. O ministro grego, assim como o primeiro-ministro Alexis Tsipras, está viajando pelas capitais da Europa em busca de apoio para a renegociação da dívida do país.

No entanto, em Berlim Varoufakis encontrou resistência, pois Schäuble insistiu que a Grécia precisa cumprir os acordos existentes. O ministro alemão disse também que as promessas eleitorais feitas pelo partido de Tsipras, o Syriza, "provavelmente não são realistas". Segundo Schäuble, as causas da crise grega "estão na Grécia, não na Europa ou na Alemanha".

O governo alemão insiste que uma nova parcela de ajuda financeira só seja liberada quando Atenas cumprir todas as obrigações exigidas pelo programa de resgate atual, incluindo mais cortes no orçamento e medidas econômicas. Schäuble também reiterou na entrevista ao lado de Varoufakis que a troica - União Europeia, Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI) - é indispensável para o programa.

O novo governo grego vem pedindo o fim da troica e já afirmou que quer negociar apenas com autoridades europeias. Fonte: Dow Jones Newswires.