• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kuroda propõe discussão sobre esforço coordenado global em reunião do G-20

Economia

Kuroda propõe discussão sobre esforço coordenado global em reunião do G-20

Tóquio - O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, apelou hoje a autoridades financeiras das maiores economias do mundo que busquem formas de estabilizar os mercados globais em um encontro previsto para o fim deste mês, ressaltando os esforços de Tóquio para superar desafios impostos por acontecimentos externos.

"É muito importante que EUA e China - as duas maiores economias do mundo - e outras grandes economias, como a zona do euro e o Japão, coordenem suas ações, quando necessário", afirmou Kuroda, durante sessão parlamentar. "É desejável que o G-20 faça tudo o que puder para ajudar a estabilizar os mercados financeiros internacionais", completou, referindo-se ao grupo das 20 maiores economias industriais e em desenvolvimento.

Ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G-20, do qual o Japão é integrante, vão se reunir nos próximos dias 26 e 27, em Xangai.

O apelo de Kuroda para uma iniciativa coordenada global demonstra os desafios enfrentados pelo BC japonês, cuja meta de inflação de 2% parece cada vez mais difícil de ser cumprida, diante da tendência recente de valorização do iene e de baixa na Bolsa de Tóquio, causada pela turbulência nos mercados globais.

Kuroda disse também que está preparado para explicar, na reunião do G-20, a decisão do BoJ de adotar uma inédita taxa negativa de depósitos. No fim de janeiro, o BC japonês reduziu a taxa de 0,1% para -0,1%. Fonte: Dow Jones Newswires.