• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Força Sindical diz que Maia continua defendendo votação da reforma no dia 19

Economia

Força Sindical diz que Maia continua defendendo votação da reforma no dia 19

Aos sindicalistas, Maia disse que, se não houver segurança quanto aos 308 votos necessários

Brasília - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou o desejo de levar o projeto da reforma da Previdência a votação no plenário no próximo dia 19. A intenção foi comunicada a sindicalistas em reunião na manhã desta quarta-feira, 7, na residência do deputado. Contrárias à reforma, as principais centrais sindicais fizeram apelo para a retirada do projeto da pauta da Câmara, mas não conseguiram o compromisso de Maia.

"O presidente Maia continua defendendo a votação no dia 19", disse o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (SD-SP). O parlamentar comentou que Maia comentou que o projeto só será retirado da pauta caso o governo perceba que não há votos suficientes.

Aos sindicalistas, Maia disse que, se não houver segurança quanto aos 308 votos necessários, o tema volta ao radar da Câmara depois das eleições de outubro.

Ainda que não tenham obtido o compromisso de Rodrigo Maia de retirar o projeto da pauta, sindicalistas deixaram o encontro com tom positivo. Paulinho comentou que é melhor para o Brasil deixar o tema ser debatido pelo próximo presidente. O mesmo tom foi usado pelas outras centrais que reforçaram o apelo pela saída do projeto da pauta da Casa.

Além da Força Sindical, a reunião contou com representantes da CUT, CSB e UGT, entre outras entidades ligadas aos trabalhadores.