• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arida avalia que petróleo a US$ 50 pode comprometer eficiência do pré-sal

  • COMPARTILHE
Economia

Arida avalia que petróleo a US$ 50 pode comprometer eficiência do pré-sal

São Paulo - O ex-presidente do Banco Central Pérsio Arida avaliou que foi "um enorme avanço" a publicação do balanço da Petrobras auditado, na semana passada. Contudo, ele destacou que a empresa tem desafios. "A companhia fez um enorme investimento no pré-sal, que foi o maior investimento corporativo do mundo, e com o barril do petróleo a US$ 50 pode ser que essa aplicação de recursos não seja eficiente. É uma incerteza enorme", comentou.

"Também acredito que a Petrobras deveria se concentrar em algumas áreas, como prospecção e refino, e vender ativos, pois sua dívida é muito grande e é isso um imenso fator de preocupação. Contudo, pode perfeitamente ser equacionado."

Arida deu as declarações durante palestra para jovens empresário na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista.

Terceirização

O ex-presidente do Banco Central comentou que o Projeto de Lei (PL) 4330, que pretende regulamentar a terceirização no País, é uma solução "boa", mas na atual conjuntura, marcada pela alta cobrança de impostos na folha de pagamento das empresas, "é uma saída torta". "Eu preferiria que fosse atacado o problema central, que é a carga absurda de tributos na folha", comentou.