• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

TV concentra 71% dos valores para compra de espaço publicitário no primeiro semestre

Economia

TV concentra 71% dos valores para compra de espaço publicitário no primeiro semestre

Constatação é de um levantamento realizado pela Kantar IBOPE Media, que também apontou que o mercado de cuidados pessoais alavancou o cenário de investimentos de mídia durante o período

Foto: Divulgação

A TV (aberta, por assinatura e merchandising) concentrou 71% dos valores destinados para compra de espaço publicitário na mídia durante o primeiro semestre deste ano. A constatação é de um levantamento feito pela Kantar IBOPE Media.

O meio digital, cuja cobertura passou a incluir vídeo em desktop e display em dispositivos móveis, deteve 10% do investimento no primeiro semestre. No entanto, apresentou o maior crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior, com 75% de variação positiva - reflexo dos novos formatos e do contínuo refinamento da cobertura.

Já o cinema, impulsionado por grandes estreias, como Vingadores Ultimato, e recordes de bilheterias - inclusive de filmes nacionais -, apresentou volume de inserções e investimento 60% maior que o primeiro semestre de 2018.

O levantamento apontou ainda que o mercado de cuidados pessoais alavancou o cenário de investimentos de mídia no primeiro semestre deste ano. Os setores de Higiene, Beleza e Farmacêutico incluem alguns dos maiores crescimentos em comparação ao mesmo período de 2018. A Unilever foi o destaque do Top 30 anunciantes, com variação positiva de 68%, seguida por Divcom Pharma Nordeste (+43%), Sky (+36%) e Procter & Gamble (+25%).

Com mais de 21 milhões de inserções nos meios aferidos, o semestre apresentou variação de 7% sobre o mesmo período do ano anterior, indicando um aumento na ocupação dos espaços publicitários. Na distribuição dos investimentos, destaque para o segundo trimestre, com volumes de investimento superiores, sobretudo em maio, um mês antes do início da Copa América e da Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Os setores que mais aumentaram o investimento foram Higiene Doméstica (+69%), Minas & Energia (+65%) e Casa & Decoração (+36%). Em termos de crescimento, as categorias de produto com maior variação foram Auto Revendas e Concessionárias (+81%) e Serviços de Saúde (+59%).

Com relação às agências de publicidade, a Y&R manteve a primeira posição no ranking do período, seguida por Ogilvy e Africa na segunda e terceira posições, respectivamente.

* Com informações do jornal Propmark