• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BC diz que não é apenas instituição que se preocupa com Copom e inflação

Economia

BC diz que não é apenas instituição que se preocupa com Copom e inflação

Brasília - O diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do Banco Central, Isaac Sidney, afirmou nesta segunda-feira, 21, que a instituição não é "apenas o BC do Copom, que se preocupa com a inflação. "Nos preocupamos também com a educação financeira." O comentário foi feito na abertura do "II Fórum de Cidadania Financeira", organizado pelo Banco Central e pelo Sebrae.

Isaac destacou, em sua fala de abertura, ações promovidas pelo Banco Central, em parceria com outras instituições, para promover a cidadania financeira no Brasil. "Em 2016, damos mais um passo neste caminho, apresentando iniciativas que integram o Plano de Cidadania Financeira", disse o diretor. Segundo ele, o plano conta com 13 iniciativas a serem desenvolvidas até 2019.

Entre as iniciativas já desenvolvidas pelo BC, Isaac citou ações relacionadas a cooperativas de crédito e ligadas à redução do custo para remessas de moedas, por meio do Valor Efetivo Total (VET) de câmbio, que deve ser informado aos clientes pelos bancos.

"Outra frente de trabalho é avaliar os efeitos de ações de programas de educação financeira", citou Isaac. "Vamos coletivamente construir medidas para reduzir custo de crédito. Temos progredido, mas ainda há o que fazer. Temos que fazer juntos. BC continuará empenhado na coordenação do plano para fortalecimento da cidadania financeira", completou.

O diretor de Fiscalização do BC, Anthero Meirelles, também falou brevemente no evento, a respeito de cooperativas de crédito. Durante sua participação, anunciou que, em 2017, o BC publicará dois novos relatórios anuais com dados sobre cooperativas de crédito e administradoras de consórcios.

O "II Fórum de Cidadania Financeira", organizado pelo Banco Central e pelo Sebrae, ocorre nesta segunda-feira, 21, e terça-feira, 22, em Brasília.