• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

BCE deve preservar estímulos até que inflação suba, mostra ata da última reunião

Economia

BCE deve preservar estímulos até que inflação suba, mostra ata da última reunião

Frankfurt - Os dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) sinalizaram que estão prontos para elevar seu programa de estímulos, atualmente em 1,7 trilhão de euros, caso seja necessário dar apoio à frágil economia da região, mostra a ata da última reunião, de 20 de outubro.

O documento mostra que os formuladores de política monetária concordaram amplamente sobre a necessidade de "executar o programa de compra de ativos em linha com as decisões passadas e adotar novas medidas, caso necessário".

O BCE adiou em outubro a decisão sobre a extensão do programa de compra de bônus, cujo valor mensal é de 80 bilhões de euros. A maioria dos economistas espera que o BC anuncie a extensão da medida por seis meses em sua próxima reunião, em 8 de dezembro.

De acordo com a ata, os dirigentes também expressaram preocupações sobre a inflação subjacente, que "ainda não tem uma tendência convincente de alta".

Eles alertaram que a recuperação da economia do bloco continua dependente das "condições financeiras bastante favoráveis" para as famílias e empresas, que amplamente refletem as políticas adotadas pelo BCE. Fonte: Dow Jones Newswires.