• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vitória tem a 5ª cesta básica mais cara do Brasil, aponta o Dieese

  • COMPARTILHE
Economia

Vitória tem a 5ª cesta básica mais cara do Brasil, aponta o Dieese

O Departamento Intersindical de estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) avaliou o preço da cesta básica em 18 capitais do Brasil

Gustavo Fernando

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação
No acumulado de meses de 2018, Vitória ocupa o primeiro lugar no ranking com 8,96%

Vitória apresentou o terceiro aumento mais expressivo do valor da cesta básica entre as 18 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo o levantamento, divulgado nesta quarta-feira (7), esse reajuste foi equivalente a 6,08%. 

Com isso, o valor médio da cesta básica em Vitória ficou no valor de R$ 419,69, o que representa 47,82% do valor atual do salário mínimo. A cesta mais cara foi a de Florianópolis, ficando em R$ 450,35, seguida pela de Porto Alegre (R$ 449,89), São Paulo (R$ 446,02) e Rio de Janeiro (R$ 443,69). 

No acumulado de meses de 2018, Vitória ocupa o primeiro lugar no ranking com 8,96%, seguido de Curitiba (8,40%) e Campo Grande (8,34%). Entre as que registraram queda estão Goiânia (-0,83%, Recife (-0,59%), Natal (-0,39%) e São Luís (-0,23%).

O valor mínimo mensal necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.783,39, equivalente a 3,97 vezes o salário mínimo atual, de R$ 954. Em setembro, o valor tinha sido estimado em R$ 3.658,39, ou 3,83 vezes o piso mínimo do país.