• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Icatu: varejo tem alta relativamente forte e supera fase pior do meio do ano

Economia

Icatu: varejo tem alta relativamente forte e supera fase pior do meio do ano

São Paulo - O crescimento nas vendas do varejo restrito em outubro sugere que o setor superou o pior momento deste ano, em meados de junho e julho. A avaliação foi feita na manhã desta sexta-feira, 12, ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, pelo economista-chefe da Icatu Vanguarda Rodrigo Alves de Mello. "Desde agosto, as vendas do restrito têm apresentado números bons", disse.

A despeito da expansão apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o economista ponderou que o crescimento não indica tendência, sinalizando que os dados podem ser resultado de uma fase de vendas fracas e que agora estão em nível um pouco melhores.

"Não acredito que essas altas sejam extrapoladas para frente. Talvez tenha um efeito base. Houve queda forte em meados do ano e está tendo alguma retomada. Saiu de um patamar deprimido para um número menos deprimido", avaliou.

Segundo o IBGE divulgou nesta sexta, o varejo restrito registrou em outubro uma alta de 1,00% ante setembro, com ajuste, e elevação de 1,8% na comparação com o décimo mês de 2013, sem ajuste.

De acordo com Alves de Mello, a expectativa para as vendas do varejo ampliado (que incluem os segmentos de material de construção e veículos e motos, partes e peças) também é de um cenário ainda de fragilidade, apesar da alta registrada em outubro, na margem.

Segundo o IBGE, as vendas ampliadas cresceram 1,7%, com ajuste sazonal, e cederam 2,6% ante outubro de 2013. "A leitura é boa no mês contra mês, mas não no ano contra ano", disse o economista.