• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justin Bieber pede desculpas a Marilyn Manson, pondo fim à polêmica da camiseta: - Se eu fui um babaca, não era minha intenção

Entretenimento

Justin Bieber pede desculpas a Marilyn Manson, pondo fim à polêmica da camiseta: - Se eu fui um babaca, não era minha intenção

-

Seria tarde demais para pedir desculpas? Parece que não para Justin Bieber!

O cantor Marilyn Manson participou do programa de rádio The Howard Stern Show e permitiu que o apresentador, Howard Stern, lesse as mensagens que trocou com Justin Bieber, pondo fim à polêmica envolvendo uso da imagem de Manson em uma camiseta usada pelo astro teen.

A peça, usada por Bieber durante a tour Purpose em 2016, trazia uma foto de Marilyn Manson na frente, enquanto a parte de trás possuía a nome de Bieber acompanhado da frase bigger than satan - maior do que satã, em português.

- Eu pensei que nós tivéssemos uma relação bastante agradável. Também, se não ficou nada bem com a camiseta, muitas desculpas. Aliás, ficou parecendo que eu fui tipo um babaca ou mesmo pude ter sido um babaca, me desculpe?, dizia a mensagem lida por Stern.

O apresentador então falou qual foi a resposta de Manson:

- Você estava apenas sendo você. Sem reclamações.

- Honestamente, eu totalmente pensei que a gente tivesse superado isso. De novo, foi mal. Se eu fui um babaca, não era minha intenção. Apenas quero que você saiba disso, disse Stern, lendo a mensagem de Bieber.

- Nós estamos bem. As pessoas apenas transformaram essa coisa da camiseta em uma discussão. Vamos dar a volta por cima e dane-se a imprensa e vamos fazer algo juntos. Isso seria o melhor. E não peça desculpas. Você não foi um babaca. Eles me perguntaram se fosse foi [babaca] e eu meio que concordei. Não foi intencional. Vou tentar evitar mais questionamento hoje no [programa do] Stern, concluiu Manson na mensagem.

Ao fim, o intérprete de Friends ainda deixou agradeceu amigavelmente:

- Bem, obrigado.

De volta à entrevista, Manson se justificou ao apresentador, pondo fim ao drama:

- Ele foi mal-educado comigo e pediu desculpas, e eu disse que não iria falar m***a dele, então eu não vou falar m***a dele.