• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Atelier da artista plástica Izabel Vidal é espaço democrático em Guarapari

  • COMPARTILHE
Entretenimento

Atelier da artista plástica Izabel Vidal é espaço democrático em Guarapari

O atelier-escola Izabel Vidal, que abriu as portas abertas durante a IV Edição do Circuito ArtES, permanece recebendo o público em Meaípe durante os fins de semana de setembro.

A artista plástica Izabel Vidal e as rendeiras ao fundo, sendo observadas pelo público visitante.

Essa reportagem começa com o entrelaçar dos bilros. Tec-tec-tec… As mãos ágeis da rendeira Dona Juvelina Almeida Nascimento, de 82 anos transformam a linha num desenho moldado por papelão. A renda é criada em cima de uma almofada enrolada com folhas de bananeira. Apesar da idade avançada, a rendeira não para um minuto de entrelaçar os bilros. A tradição foi aprendida ainda criança, em Meaípe, aos 12 anos de idade.

Ao lado dela está Grauma Trindade, também rendeira de Meaípe que aprendeu ainda mais nova, aos 8 anos de idade. “A gente aprendia vendo as outras fazerem. Era o nosso passatempo na época, todas sentavam na calçada e ficavam fazendo a renda de bilro. No verão vendíamos muitas peças, tinha encomenda até de colchas! Aí cada uma fazia um pedaço.”

Trazer a público o fazer das rendas era sonho antigo da artista plástica Izabel Vidal. Nascida na cidade, ela reuniu para essa edição do Circuito ArtES a tradição local, o folclore, a arte e a poesia.

É que a abertura do evento foi regado à poemas da poetisa mineira, moradora de Guarapari Anne Mahin. O livro “Asas do Silêncio”, da Editora Chiado, com 160 poemas e prosas poéticas foi lançado no Atelier na última sexta-feira. “São poemas e prosas poéticas que contemplam temas como amor, desamor, paixão, solidão, saudade, morte, vida, desilusão, esperança, tédio, infância, velhice, entre outros.” O livro, que está à venda no atelier e em livrarias como Saraiva e Fontoura Almeida também será lançado em São Paulo no Museu da Santa Casa no dia 22 de setembro, onde acontecerá um Sarau Literário e haverá o lançamento de outras obras literárias.

O Circuito ArtES é um evento do IADES – Instituto de Artes e Designer do Espírito Santo em que atelier de artistas capixabas abrem as portas para divulgação dos seus espaços e obras de arte. Além de Izabel, outros artistas também participam, como a filha dela Bianca Vidal que é ceramista e pintora, Caluca, ceramista, Nona Rostagno, aquarelista. Mas obras de alunos também estão expostas e à venda. Entre a obras em cerâmica há aparelhos de jantar, de chá, azeiteira e ainda azulejos decorados, pintados, painéis em cerâmica e quadros (pintura sobre tela).

Como no mês de agosto foi comemorado a Semana do Folclore Capixaba, a artista fez uma obra em homenagem ao congo capixaba, colocando um barco representando o navio Palermo, navio que naufragou no litoral de Nova Almeida, na Serra em 1856 onde estavam escravos vindos da África que sobreviveram. O atelier recebeu escolas que desenvolveram atividades culturais referentes à antigas brincadeiras folclóricas como o “Peão na roda”, “cabra cega” e ainda contação de histórias com a lenda da “Sereia de Meaípe”.

A servidora pública Lúcia Bonfin visitou o atelier durante o evento.

A cada ano o Circuito ArtES está sendo mais divulgado. A servidora pública aposentada Lúcia Bonfin, moradora de Vila Velha veio à Guarapari visitar o atelier. “Achei tudo maravilhoso, no ano passado não consegui visitar esse atelier e esse ano combinei com minhas amigas e vim. As peças são lindíssimas e gostei dessa forma com as portas abertas, foi uma sensação de acolhimento!”

Para quem quiser visitar, o local fica a uma quadra da Praia de Meaípe e estará com as portas abertas nos fins de semana de setembro das 15 às 19 horas.

Serviço:

Atelier-escola Izabel Vidal

Endereço: Rua: Claudionor Vieira de Matos, número 1, Meaípe

Dias: Sábados e domingos de setembro

Horário: das 15 às 19h

Contato: (27) 99806- 0214

* Texto e fotos: Isabela Vidal, colaboradora Folha da Cidade