• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Azarenka arrasa norte-americana e volta a disputar uma final após 11 meses

Esportes

Azarenka arrasa norte-americana e volta a disputar uma final após 11 meses

Brisbane - Ex-líder do ranking mundial e atual 22ª colocada da WTA, Victoria Azarenka voltará a disputar uma final após 11 meses. A tenista bielo-russa encerrou o jejum de participações em decisões ao arrasar a norte-americana Samantha Crawford por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3, nesta sexta-feira, na semifinal do Torneio de Brisbane.

Azarenka não joga uma final desde quando foi superada por 2 sets a 0 pela checa Lucie Safarova no duelo que valeu o título do Torneio de Doha, em fevereiro passado. E agora ela voltará a buscar uma taça em confronto diante da alemã Angelique Kerber, que na outra semifinal do dia da competição australiana derrotou a espanhola Carla Suárez Navarro, também com facilidade, por 6/2 e 6/3.

Será o sexto duelo de Azarenka com Kerber, hoje décima colocada do ranking mundial, mas que desafiará um tabu de nunca ter vencido a bielo-russa. Foram cinco derrotas em cinco jogos contra a rival, sendo o último deles na edição de 2015 do US Open.

Sendo assim, a partida será um belo duelo de preparação para o Aberto da Austrália, Grand Slam que começa no próximo dia 18, em Melbourne. Nesta partida, Azarenka buscará o seu 18º troféu naquela que será a sua 34ª final no circuito da WTA. Já Kerber lutará pela oitava taça em sua 18ª decisão.

Para assegurar lugar novamente em uma final, Azarenka, duas vezes campeã do Aberto da Austrália, foi arrasadora diante de Samantha Crawford, que surpreendeu ao chegar à semifinal após ter superado o qualifying em Brisbane. Com sete quebras de saque em 14 oportunidades, a bielo-russa pôde se dar ao luxo de ser derrotada por duas vezes com o serviço na mão que mesmo assim liquidou o duelo em apenas 68 minutos.

Já Kerber confirmou todos os seus serviços no duelo com Navarro e converteu quatro de sete break points para encaminhar o seu triunfo em sets diretos, em 75 minutos.