• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após voltar a atuar por 90 minutos, Giovanni celebra boa forma no Fluminense

  • COMPARTILHE
Esportes

Após voltar a atuar por 90 minutos, Giovanni celebra boa forma no Fluminense

"Foi só o primeiro jogo que fiz os 90 minutos desde que voltei. Isso me deixa muito feliz. Precisamos ter calma, pois trabalhando bem vamos encontrar o companheiro em condições", avaliou o lateral

Giovanni jogou por 90 minutos diante do Tigres no último domingo Foto: Reprodução/Fluminense

Rio - O lateral Giovanni viveu um drama em 2015. Ficou os últimos seis meses do ano afastado por conta de uma grave lesão no joelho direito, que o obrigou a passar por duas cirurgias. Mas 2016 já começou diferente. Depois de voltar a atuar normalmente e dar uma assistência na goleada por 4 a 0 sobre o Bonsucesso, há duas semanas, ele jogou por 90 minutos diante do Tigres no último domingo, em nova vitória pelo mesmo placar.

"Muito bom conseguir mais uma vitória. Foi só o primeiro jogo que fiz os 90 minutos desde que voltei. Isso me deixa muito feliz. Claro que a nossa equipe tem de melhorar muito, ainda estamos oscilando demais. Quando temos posse de bola, conseguimos chegar na frente com qualidade, mas quando tentamos acelerar, perdemos a bola com facilidade. Precisamos ter calma, pois trabalhando bem vamos encontrar o companheiro em condições", avaliou.

Apesar das duas goleadas, o início de ano do Fluminense é bastante conturbado e o técnico Eduardo Baptista já vinha sofrendo pressão. Agora, o time terá três grandes jogos em dez dias para provar seu valor. Nesta quarta, duela com o Cruzeiro pela Copa Sul-Minas-Rio. Depois, fará dois clássicos pelo Carioca: contra Flamengo, no domingo, e Botafogo, no dia 24.

"Teremos dez dias agora para provar o nosso valor. Serão jogos bons, contra três equipes de primeira divisão (do Campeonato Brasileiro), e estamos muito concentrados em conseguir atuar com muita intensidade", avaliou Giovanni.