• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após prisão de presidente, Parma tem sua falência declarada em tribunal

  • COMPARTILHE
Esportes

Após prisão de presidente, Parma tem sua falência declarada em tribunal

Parma - Um tribunal da Itália declarou nesta quinta-feira a falência do Parma, que atualmente tem uma dívida de cerca de 100 milhões de euros. Virtualmente rebaixado no Campeonato Italiano, o clube teve a sua quebra oficialmente decretada na Justiça um dia após a prisão do seu novo presidente e proprietário, Giampietro Manenti, acusado de participação em um esquema de crimes financeiros, como lavagem de dinheiro, fraude fiscal, uso de cartões de crédito clonados, entre outros.

Comandada pelo juiz Pietro Rogato, a audiência que serviu para declarar a falência do Parma durou apenas dez minutos e teve um final previsível, sendo que agora os contabilistas Angelo Anedda e Alberto Guoiotto irão supervisionar este processo envolvendo a equipe italiana.

Agora com a sua falência oficialmente declarada, o Parma sequer sabe se poderá encerrar a sua temporada europeia, que vai até maio, mesmo após 16 dos 20 clubes que compõem hoje o Campeonato Italiano terem votado de forma favorável, no início deste mês, ao pagamento de um fundo de 5 milhões de euros para que o time consiga pelo menos se manter em campo até o final deste atual ciclo do futebol do Velho Continente.

Preso na última quarta, Manenti foi acusado de fazer parte de um esquema no qual hackers utilizariam cartões clonados e invadiriam contas de banco para tentar transferir 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 15,5 milhões). O presidente do Parma era parte importante no golpe porque poderia lavar o dinheiro, justificando a entrada da verba como vinda de patrocínios destinados ao clube.

A descoberta desta fraude aconteceu antes que essas transferências para o Parma fossem realizadas, sendo que nesta última quarta-feira 22 pessoas ligadas ao esquema foram presas.

Manenti, entretanto, é apenas o protagonista mais recente da crise sem precedentes que o Parma atravessa. Em grave situação financeira, o clube não paga salários a atletas e funcionários há longos meses, perdeu pontos no Campeonato Italiano desta temporada por este motivo e teve até duas de suas partidas da competição adiadas.

Com apenas 12 pontos na lanterna do Campeonato Italiano, o Parma tem jogo agendado para o próximo domingo, contra o Torino, em casa, pela 28ª rodada da competição.