• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corinthians deve apostar na vinda de promessas de outros clubes, diz Carille

Esportes

Corinthians deve apostar na vinda de promessas de outros clubes, diz Carille

Sem dinheiro para fazer grandes investimentos, o Corinthians deve apostar em jovens jogadores, principalmente de clubes de menor expressão, que estão se destacando em outros clubes, segundo o técnico Fábio Carille.

"O Andrés (Sanchez, presidente) tem essa ideia clara de buscar sete ou oito jogadores jovens que estão se destacando, como já fez com Edenilson, Jucilei e Paulinho. Garimpar e deixar ali. Se dois ou três derem certo, maravilha. Vão chegar mais jogadores nesta situação", afirmou o treinador, em entrevista ao canal ESPN Brasil.

Um exemplo de jogador que se enquadra neste tipo de reforço é o atacante Matheus Matias, de 19 anos, que estava no ABC. Ele tem treinado com o time principal e está inscrito para a Copa Libertadores e deverá entrar na lista do Campeonato Paulista.

"O Matheus tem quatro ou cinco meses de futebol profissional, vem de um futebol onde a intensidade é baixa, tem um pouco de dificuldade, normal. Ele é um menino muito interessado e não podemos ter pressa para acelerar o processo, pois ele é muito jovem. Ele está chegando ao Corinthians e existe um peso para isso", explicou o comandante corintiano.

A busca por tais reforços acontece no Campeonato Paulista, mas também em todo o Brasil. "Sempre é uma busca constante por meninos que estão se destacando no Norte, no Nordeste, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, como foi com o Edenilson no Caxias. Estamos olhando e pode acontecer a chegada desses jogadores", disse o treinador.

A ideia da diretoria é contratar os jovens talentos para serem observados no time principal, mas nada impede que eles "desçam" para a base. Como por exemplo o meia Rafinha, de 18 anos, que foi contratado da Ferroviária e chegará para jogar, inicialmente, no time sub-20 alvinegro.