• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono do Clippers se envolve em polêmica de racismo

  • COMPARTILHE
Esportes

Dono do Clippers se envolve em polêmica de racismo

Los Angeles - As polêmicas envolvendo racismo não acontecem apenas no futebol. No basquete americano, Donald Sterling, proprietário do Los Angeles Clippers, que disputa a NBA, mostrou toda a sua intolerância racial ao recriminar a sua namorada, que apareceu em uma foto ao lado de Magic Johnson, um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos, por ele ser negro.

"Me incomoda muito você querer aparecer ao lado de pessoas negras. Por que você faz isso? Você pode dormir (com negros), pode fazer o que quiser. A única coisa que peço a você é que não divulgue isso. E não os traga aos meus jogos", disse ele, em conversa telefônica divulgada pelo site TMZ, completando com um desabafo: "Só quero dizer que, na porcaria do seu Instagram, não precisa aparecer você andando com pessoas negras. Não o coloque em seu Instagram para que o mundo possa ver e então me ligar."

O empresário, que é dono do Clippers desde 1981, tem um histórico de problemas relacionados a racismo e já foi obrigado a pagar multas por não querer negociar seus imóveis com negros ou hispânicos. Após a divulgação da conversa telefônica, Baron Davis, ex-jogador do Los Angeles Clippers, disse que a discriminação racial por parte de Sterling acontece há bastante tempo.

Magic Johnson, que foi citado pelo dirigente, também se manifestou através do Twitter, lamentando a postura de Donald Sterling. "Nunca mais irei a um jogo dos Clippers enquanto ele foi o proprietário do time". Ele, que é considerado o maior jogador da história do Los Angeles Lakers, rival do Clippers, ainda lamentou por Chris Paul e pelo técnico Doc Rivers, negros que prestam os seus serviços para o time de Sterling.

NENÊ - Ainda neste sábado, o brasileiro Nenê recebeu um jogo de suspensão e desfalcará seu time, o Washington Wizards, no jogo 4 da série de playoffs contra o Chicago Bulls, neste domingo, em Chicago. Ele foi punido por uma confusão com Jimmy Butler no jogo 3, quando chegou a dar uma cabeçada no adversário e foi excluído.