• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após quatro regatas, Scheidt é quarto na Copa do Mundo de Vela

Esportes

Após quatro regatas, Scheidt é quarto na Copa do Mundo de Vela

Hyères - Há 15 meses sem subir ao pódio de nenhuma competição importante, Robert Scheidt tenta encerrar a má fase na etapa francesa da Copa do Mundo de Vela, em Hyères. Maior medalhista olímpico do história do Brasil, ele ocupa a quarta colocação após quatro regatas da classe Laser.

Depois de um nono e um sexto lugares na quarta-feira, Scheidt começou esta quinta-feira com uma sétima posição. Depois, na segunda regata do dia, chegou apenas em 17.º, resultado já descartado. Com 22 pontos perdidos, está longe do líder, o australiano Tom Burton. Também na Laser, Bruno Fontes é o 31.º.

A Copa do Mundo de Hyères é importante porque é o primeiro evento do ano que será analisado pelo conselho técnico da vela no processo que vai escolher os representantes do Brasil nos Jogos do Rio-2016. Estão na lista 11 competições, sendo seis do ano passado e outras cinco desta temporada: as etapas de Hyères e Weymouth (Austrália) da Copa do Mundo, o evento-teste olímpico, a Semana Internacional de Vela do Rio e os Mundiais de classe.

Já convocadas para a Olimpíada, Martine Grael e Kahena Kunze ocupam o quinto lugar após seis regatas da 49er FX em Hyères. Na 470 Feminina, dois barcos estão entre os 10 primeiros: Fernanda Oliveira/Ana Luiza Barbachan em quarto e Renata Decnop/Isabel Swan em nono.

Em péssima fase, Jorge Zarif é só o 25.º na Finn, mesma posição de Bimba na RS:X Masculina. Já na prancha a vela feminina, Patricia Freitas ocupa a nona colocação. Os três também já estão garantidos nos Jogos Olímpicos.