• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Drubscky minimiza mudança de jogo para o Engenhão e ainda espera Fred

  • COMPARTILHE
Esportes

Drubscky minimiza mudança de jogo para o Engenhão e ainda espera Fred

Rio - A transferência do clássico deste sábado com o Botafogo para o Engenhão não preocupa o técnico Ricardo Drubscky. O comandante do Fluminense explicou que pesquisou a história do time no estádio, palco das conquistas dos títulos do Campeonato Brasileiro de 2010 e do Campeonato Carioca de 2012, para garantir que lutar por uma vaga na decisão do torneio estadual no palco onde o Botafogo manda seus jogos não preocupa.

"Então nós, da comissão técnica, codificamos isso e passamos para os jogadores. Às vezes eles mesmos passam informações. E por coincidência esse assunto do Engenhão foi levantado por eles, que tivemos boas conquistas lá. Acho que nada vai nos atrapalhar. Não acredito que vamos ter problema", analisou.

Drubscky ainda não definiu a escalação do Fluminense para o clássico com o Botafogo, pois ainda tem esperanças de utilizar o atacante Fred, que foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro por dois jogos. O treinador e o clube aguardam o julgamento de um pedido de efeito suspensivo para liberar o jogador.

"Vou deixar para escalar a equipe só amanhã, até pela importância do jogo, por se tratar de uma semifinal. Temos também essa questão da participação ou não Fred. Vou divulgar só amanhã", afirmou.

Após vencer o jogo de ida por 2 a 1 no Maracanã, o Fluminense precisa de um empate neste sábado no Engenhão para se garantir na decisão do Campeonato Carioca. Drubscky garante, porém, que não vai escalar um time fechado para defender a vantagem inicial.

"Foi importante termos vencido o primeiro jogo e logo depois do jogo disse que a vantagem é mínima. Assim como era a vantagem do Botafogo. No clássico não tem como prever, as oportunidades aparecem. O jogador brasileiro é mais solto, as equipes vão se digladiar de maneira forte, ofensiva e ao final do jogo é lógico que independentemente de Fluminense ou Botafogo, quem tiver com a vantagem aos 35 minutos, claro que você tenta segurar mais a equipe, segurar o resultado. Mas vai ser um jogo aberto, não tenho dúvida nenhuma", analisou.