• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Árbitro capixaba é destaque no Mundial Escolar de Futsal, realizado na Croácia

  • COMPARTILHE
Esportes

Árbitro capixaba é destaque no Mundial Escolar de Futsal, realizado na Croácia

O capixaba Raphael Jardim foi convocado pela comissão organizadora do evento para arbitrar a semi-final masculina entre Croácia e Iran, o jogo mais importante depois da final

 Raphael credita à sua experiência em mundiais e ao seu trabalho, que é referência no desporto escolar, chamado de  arbitragem educativa Foto: Divulgação

O favoritismo do Brasil no Mundial Escolar de Futsal, que acontece até este domingo (10) em Porec, na Croácia, não é só dos times masculino e feminino. O árbitro capixaba Raphael Jardim, de 27 anos, também tem se destacado na competição. Nesta sexta-feira (08), o profissional foi convocado pela comissão organizadora do evento para arbitrar a semi-final masculina entre Croácia e Iran, o jogo mais importante depois da final, a qual não seria possível apitar devido ao Brasil estar entre os finalistas.

Sobre a convocação para a competição e para a partida Raphael credita à sua experiência em mundiais e ao seu trabalho, que é referência no desporto escolar, chamado de  arbitragem educativa. “O modelo de trabalho que desenvolvemos no Espírito Santo, por meio da Federação Capixaba de Desporto Escolar (Fecade), utiliza a educação dentro de quadra. O árbitro não deixa de seguir as regras, mas ele trabalha como professor, explicando, não só punindo. Nós esclarecemos o porquê não pode determinada atitude. Acredito que as convocações são reflexos desse trabalho, já que somos pioneiros e temos tido ótimos resultados junto aos atletas”, ressaltou Raphael.

É a segunda vez, que o árbitro foi convocado para participar de um Campeonato Mundial Escolar. Em 2015, Raphael participou do Mundial de Futebol, na Guatemala, onde também arbitrou jogos importantes durante a competição, como a disputa do terceiro lugar, já que o Brasil também foi finalista.

O presidente da Fecade, Lidimar Marquez, ressalta a gratificação de ter profissionais participando do evento mais importante do esporte escolar mundial. “Ver o nosso trabalho sendo reconhecido mundialmente é muito gratificante e motivador. Demonstra que estamos no caminho certo e que podemos incentivar mudanças positivas no esporte”, destacou Marquez.

Brasil na final em ambos os naipes
A campanha da Delegação Brasileira no Mundial de Futsal Escolar vem chamando atenção dos participantes. Dos sete jogos que disputou no masculino e cinco no feminino, o Brasil venceu todos os confrontos o que justifica não só a qualidade do futsal brasileiro, bem como seu comentado favoritismo no torneio. 

Na manhã desta sexta (8), o time masculino, do Colégio Amorim, de São Paulo,  venceu por 11 a 2 a Holanda e garantiu a sua vaga na final. As meninas, da Escola Dulce Ferreira de Souza, de Minas Gerais, venceram por 4 a 1 a Turquia e jogam a final contra a França.

As finais acontecerão neste sábado (09), às 10h (feminina) e às 11h30 (masculina), horário de Brasília.As partidas podem ser acompanhadas ao vivo pela FanPage oficial da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE).