• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentado como reforço do Cruzeiro, Lennon revela inspiração em Maicon

  • COMPARTILHE
Esportes

Apresentado como reforço do Cruzeiro, Lennon revela inspiração em Maicon

Belo Horizonte - O Cruzeiro apresentou, nesta quarta-feira, o lateral-direito Lennon, que atuava pelo clube homônimo de Cachoeirinha, no interior gaúcho. O contrato com o jogador foi assinado por dois anos com opção de renovação por mais duas temporadas pelo clube mineiro.

Destaque no Campeonato Gaúcho deste ano, Lennon disse ser um jogador ofensivo e revelou ter como ídolo no futebol o também lateral Maicon, que saiu do mesmo Cruzeiro para brilhar na Europa. "Gosto do Maicon, que inclusive jogou por aqui e fez bastante sucesso. Sempre procuro ver os vídeos dele para que eu possa desempenhar o mesmo futebol que ele desempenhou. Espero ser feliz no Cruzeiro como ele foi", projetou.

O jogador, feliz pela concretização do negócio, destacou o privilégio de vestir a camisa do Cruzeiro e a chance de trabalhar com um treinador do nível de Mano Menezes. "Quero dizer que estou muito feliz pela oportunidade de estar aqui. Agradeço primeiramente a Deus e à minha família. E ao Cruzeiro, por abrir as portas para o meu trabalho. Vir com o aval do treinador é importante. Cobrança vai ter sempre por estar em um grande clube e por trabalhar com um grande treinador", comemorou Lennon.

A necessidade de ter um elenco grande para suportar uma temporada longa foi citada pelo diretor de futebol do Cruzeiro, Klauss Câmara, como fator que contribuiu para a chegada do lateral Lennon. O novo lateral-direito vai vestir a camisa 21 do Cruzeiro. Ele chega como opção para o setor ao lado de Ezequiel e Mayke.

"A contratação dele foi pelo que a gente identificou pelo calendário e até pela lateral-esquerda, onde temos três na posição e todos foram utilizados. Era necessário ter três atletas (na direita) para, ao longo da temporada, não termos nenhum tipo de problema", revelou Klauss Câmara.

O diretor de futebol destacou o trabalho integrado do departamento no processo de avaliação do atleta, de 25 anos, que começou a carreira no Vila Nova-GO e passou por Botafogo e Atlético Goianiense antes de chegar ao time gaúcho, onde se destacou neste ano.

"Hoje, no Cruzeiro, não existe nenhuma decisão tomada sozinha. O jogador vinha sendo observado durante todo o estadual no Rio Grande do Sul. Obviamente, em todo clube é fundamental ter o aval do técnico. Mas a decisão foi de toda a diretoria do Cruzeiro", explicou o dirigente.