• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Buzacarini ganha vaga e será 15º brasileiro no Masters de Judô

Esportes

Buzacarini ganha vaga e será 15º brasileiro no Masters de Judô

Guadalajara - O Brasil terá um participante a mais no Masters de Judô, último evento válido para o ranking mundial antes do encerramento do período de classificação para os Jogos Olímpicos do Rio. A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) informou nesta terça-feira que, por conta de desistências, Rafael Buzacarini, da categoria até 100kg, ganhou uma vaga.

A competição, que será realizada de 27 a 29 de maio em Guadalajara, no México, admite a participação de apenas 16 judocas por categoria. Os 16 melhores do ranking mundial têm vaga garantida, mas quando um atleta abdica da participação, o judoca subsequente no ranking é convidado.

Pelo que explicou o gestor de alto rendimento da CBJ, Ney Wilson, em entrevista ao canal Esporte Interativo, a entidade foi informada nesta terça sobre a possibilidade de levar Buzacarini a Guadalajara. Prata em Almaty (Casaquistão), no fim de semana passado, ele ocupa o 24.º lugar do ranking mundial.

A convocação deixa Buzacarini ainda mais perto dos Jogos Olímpicos do Rio. Ele tem 101 pontos de vantagem sobre Luciano Corrêa no ranking mundial e o resultado do Masters (ou do Campeonato Pan-Americano) entra como extra na pontuação. Com uma vitória, ele já ganha 112 pontos.

Luciano Corrêa, entretanto, é o 26.º do ranking e, até sexta-feira, também pode ganhar uma vaga no Masters. Caso isso aconteça, ele volta à briga pela Olimpíada. Em Guadalajara, entretanto, teria que ganhar uma medalha. Como já tem 160 pontos do Pan, um resultado de 60 pontos seria descartado.

Na segunda, a CBJ já havia anunciado a convocação de Eric Takabatake, Felipe Kitadai (rivais pela vaga olímpica na categoria até 60kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg), David Moura, Rafael Silva (rivais na +100kg), Sarah Menezes (48kg), Nathalia Brígida (48kg, mas não vai aos Jogos), Erika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). Charles Chibana (66kg) teria direito a vaga, mas não irá o México.