• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após vice em Roma, Djokovic anuncia que será treinado por Agassi em Roland Garros

  • COMPARTILHE
Esportes

Após vice em Roma, Djokovic anuncia que será treinado por Agassi em Roland Garros

Roma - Logo depois de ser surpreendido na decisão do Masters 1000 de Roma pelo alemão Alexander Zverev neste domingo, o sérvio Novak Djokovic anunciou uma nova parceria para tentar voltar ao seu melhor momento. O número 2 do mundo revelou que será treinado pelo norte-americano Andre Agassi durante a disputa de Roland Garros, que começa no fim de semana que vem.

"Eu conversei com o Andre nas últimas duas semanas pelo telefone, e nós decidimos que vamos juntos para Paris", declarou Djokovic em entrevista coletiva. "Então, ele estará lá comigo. Nós vamos ver o que o futuro nos traz."

A princípio, a parceria entre os dois acontecerá somente durante Roland Garros, mas Djokovic não fechou as portas para a possibilidade de ela se estender. O sérvio rompeu no início deste mês com seu antigo treinador, Marian Vajda, e outros dois membros de sua comissão técnica, o preparador físico Gebhard Phil Gritsch e o fisioterapeuta Miljan Amanovic.

"Nós estamos muito animados por trabalhar juntos e ver onde isso vai nos levar. Não temos nenhum compromisso de longo prazo. Vamos apenas tentar nos conhecer um pouco melhor em Paris. Ele não vai ficar comigo o torneio todo. Ele ficará um certo período, e então vamos ver o que vai acontecer", apontou o tenista.

Considerado um dos grandes tenistas de todos os tempos, Agassi se aposentou em 2006 com oito títulos de Grand Slam conquistados. Em Roland Garros, no entanto, o norte-americano tem apenas uma conquista, em 1999. Para Djokovic, trata-se da pessoa perfeita para ajudá-lo em uma temporada até agora decepcionante, na qual conquistou somente um título até o momento.

"O Andre é alguém por quem eu tenho um grande respeito, tanto pela pessoa quanto pelo jogador. Ele já passou por tudo que eu vou passar. Na quadra, entende o jogo incrivelmente bem. Mas também, ele é alguém que nutre valores familiares, trabalho filantrópico. É um homem muito humilde e educado. Uma pessoa que pode contribuir com a minha vida. Estou muito empolgado", exaltou o sérvio.