• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Zé Roberto diz que Tandara desfalcará o Brasil na fase inicial da Liga das Nações

Esportes

Zé Roberto diz que Tandara desfalcará o Brasil na fase inicial da Liga das Nações

O Brasil fará a sua estreia na competição no próximo dia 21, contra a China, às 20 horas, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília

Foto: Reprodução

O técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, confirmou nesta quarta-feira que a oposta Tandara ficará fora das partidas da fase inicial da Liga das Nações. O Brasil fará a sua estreia na competição no próximo dia 21, contra a China, às 20 horas, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

No mesmo local, o time nacional terá pela frente a República Dominicana e a Rússia, respectivamente nos dias 22 e 23, em sua primeira semana de disputas no torneio no qual as brasileiras abrirão a sua temporada de 2019.

"Para esse início não vamos contar com a Tandara. Ela já está em tratamento para a lesão no tornozelo trabalhando com calma e com cuidado para que possa participar das fases finais da Liga das Nações", informou Zé Roberto, por meio de declarações divulgadas pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Tandara se apresentou à seleção feminina na última segunda-feira no Centro de Desenvolvimento de Vôlei (CDV), em Saquarema (RJ), e a ponteira Gabi afirmou nesta quarta que prevê um início de campanha complicado para a seleção no torneio.

"Teremos uma primeira etapa de competição difícil, com dois adversários tradicionais, além da República Dominicana, que tem evoluído bastante. Será muito bom jogar em casa com a nossa torcida, que sempre é um apoio muito grande. Os torcedores serão fundamentais nesta primeira semana", afirmou Gabi, que também projetou a continuidade da temporada ao comentar sobre o atual momento da seleção feminina.

"Temos um grupo novo com jogadoras buscando um espaço. Estamos trabalhando muito e sabemos que a Liga das Nações é um campeonato forte. Essa competição tem uma importância grande como preparação para o Pré-Olímpico", destacou a ponteira, já de olho na classificação para os Jogos de Tóquio-2020.

A Liga das Nações ocorrerá entre 21 de maio e 7 de julho e o grupo do Brasil para a competição é formado pelas levantadoras Roberta, Macris e Juma, pelas opostas Tandara, Lorenne e Paula Borgo, pelas ponteiras Natália, Gabi, Amanda, Tainara e Julia Bergmann, pelas centrais Bia, Milka, Lara, Mayany, Mara e Carol e pelas líberos Léia e Natinha.

Depois de encarar a primeira semana de disputas do torneio, a seleção feminina viajará para Apeldoorn, na Holanda, onde jogará entre os dias 28 e 30 de maio contra as donas da casa, a Polônia e a Bulgária. Nas semanas seguintes desta fase classificatória, as brasileiras terão pela frente Alemanha, Coreia do Sul e Estados Unidos, de 4 a 6 de junho, em Lincoln, nos EUA; pegarão Japão, Tailândia e Sérvia, de 11 a 13 de junho, em Tóquio; e finalmente medirão forças com Turquia, Itália e Bélgica, em Ancara, na Turquia, de 18 a 20 de junho, no fechamento deste estágio da competição.

A fase final contará com a China, país-sede, e outras cinco seleções classificadas e está marcada para ocorrer entre 3 e 7 de julho, na cidade de Nanquim.